Com problema cardíaco, zagueiro da Ponte é afastado

Diego Sacoman teve uma hipertrofia ventricular esquerda do coração, detectada durante exames realizados no Atlético-PR, em setembro

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Zagueiro passará por tratamento durante um período mínimo de três meses
PontePress/DJotaCarvalho
Zagueiro passará por tratamento durante um período mínimo de três meses

Após quase 20 dias de silêncio, a Ponte Preta finalmente pronunciou-se sobre o estado clínico do zagueiro Diego Sacoman. Como já era especulado, o clube confirmou, através de sua assessoria, que o jogador está afastado das partidas e dos treinamentos por conta de um problema cardíaco.

Segundo o médico da Ponte, Roberto Nishimura, o jogador teve uma hipertrofia ventricular esquerda do coração, detectada durante exames realizados no Atlético-PR, no início de setembro. Na oportunidade, ele estava prestes a ser negociado com o clube paranaense, mas foi reprovado no exame.

"Trata-se de algo agudo e silencioso, por ser assintomático, e quando o Diego foi fazer os exames de transferência ao Atlético Paranaense a hipertrofia foi detectada", afirmou Nishimura, confirmando que o jogador passará por três meses de tratamento e repouso antes de ser reavaliado.

Bastante abatido, desde que soube a notícia, Diego Sacoman tenta demonstrar otimismo com sua recuperação. "Estou confiante de que tudo dará certo e que poderei voltar a jogar bola", destacou.

Diego Sacoman tem 27 anos e atua na Ponte desde o início de 2012. Revelado pelo Corinthians, onde nunca conseguiu se firmar entre os profissionais, o defensor chegou a ser emprestado ao Guarani e ao Ceará.

Leia tudo sobre: diego sacomancoraçãocardiacojogadordoençazagueiroponte preta