Bayern goleia ex-líder Paderborn e assume a ponta

Clube bávaro chegou a 11 pontos na classificação e ainda contou com o tropeço do Mainz, que empatou com o Eintracht Frankfurt por 2 a 2

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O atacante Lewandowski mandou um dos gols da vitória do Bayern, na Allianz Arena
Reprodução Facebook
O atacante Lewandowski mandou um dos gols da vitória do Bayern, na Allianz Arena

A ordem foi restabelecida no Campeonato Alemão. Nesta terça-feira, o Bayern de Munique acabou com a graça do pequeno Paderborn, que liderava o torneio logo na sua primeira participação na elite e, na Allianz Arena, não deixou dúvidas de quem manda. Goleou por 4 a 0 e assumiu a ponta da competição.

Para ajudar, outros concorrentes à liderança tropeçaram. Vice-líder, o Mainz empatou em 2 a 2 com o Eintracht Frankfurt, fora de casa. Terceiro colocado até a abertura desta quinta rodada, o Hoffenheim recebeu o Freiburg e empatou em 3 a 3 graças a um gol aos 48 minutos do segundo tempo. Com essa combinação de resultados, o Bayern de Munique foi a 11 pontos, contra nove do Mainz e do Hoffenheim e oito do Paderborn. Também nesta terça, o Schalke 04 venceu a primeira no Alemão fazendo 3 a 0 no Werder Bremen fora de casa. Na Allianz Arena, o jogo contrastou os dois extremos do campeonato. De um lado, um time que gasta anualmente 180 milhões de euros apenas com salários. De outro um clube cujo orçamento anual é de 15 milhões de euros. O Paderborn possui só um campo de treinamento, sendo que os jogadores são obrigados a trocar de roupa na casa do zelador do local, na falta de um vestiário.  Com tão pouco dinheiro para investir, montou o elenco só com atletas que não atraíram o interesse de clubes maiores. Como o atacante Süleyman Koç, que entre 2011 e 2012 cumpriu alguns meses de prisão por roubo e agressão, e o lateral-esquerdo Daniel Brückner, que na juventude foi um sem-teto. O Bayern mostrou respeito e escalou o que tinha de melhor. Aos 8 minutos, abriu o placar com um golaço. Robben enfiou linda bola para Müller, que cortou o marcador com o calcanhar e deixou para Götze, que bateu no ângulo, tirando do goleiro. Ainda no primeiro tempo, aos 14, Lewandowski fez o segundo após petecar a bola na entrada da área e chutar forte, também no ângulo. Após boa jogada pela direita, Götze pegou o rebote e marcou o terceiro. Müller fechou a contagem no finalzinho.