Voto em trânsito só pode ser realizado na seção cadastrada

Os eleitores devem ficar atentos à seção para onde se habilitaram, já que somente lá é que poderão votar; confira os locais de cada cidade de Minas Gerais

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

undefined

Os eleitores que estão fora de suas cidades, mas procuraram os cartórios eleitorais entre 15 de julho e 21 de agosto e se habilitaram para votar em trânsito, poderão votar em outro município, mas apenas na seção para a qual se cadastraram.

Em Minas Gerais, as cidades que receberão seções com voto em trânsito são Belo Horizonte, Contagem, Uberlândia, Betim, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberaba e Governador Valadares. Os eleitores devem ficar atentos à seção para onde se habilitaram, já que somente lá é que poderão votar.

Ao se cadastrar para votar em trânsito, o nome do eleitor é momentaneamente excluído da seção eleitoral que consta em seu título de eleitor e ele só poderá exercer o seu direito na seção para onde se habilitou.

Quem não se cadastrou para votar em trânsito para presidente e vice não poderá votar fora de seu domicílio eleitoral no dia das Eleições 2014.

No total, 6.933 eleitores se cadastraram para votar nos locais que receberão seções com voto em trânsito em Minas Gerais, no primeiro turno, que será no dia 5 de outubro. Para o eventual segundo turno, previsto para 26 de outubro , foram 6.493 eleitores cadastrados nos locais de votação com voto em trânsito em Minas Gerais.

Fique atendo e veja os locais de votação:

BELO HORIZONTE -  MINASCENTRO  VOTO EM TRÂNSITO BETIM -  FÓRUM CAIO NÉLSON DE SENNA CONTAGEM -  INSTITUTO EDUCACIONAL LEONARDO SADRA GOVERNADOR VALADARES -  CLUBE ILUSÃO JUIZ DE FORA -  FORUM BENJAMIN COLUCCI MONTES CLAROS -  COLÉGIO PRISMA UBERABA -  NUCLEO DE PRATICA JURIDICA DA UNIUBE UBERLÂNDIA - CENTRO EDUCACIONAL PIRLIMPIMPIM SÃO PASCHOAL LTDA Como o voto em trânsito é válido apenas para votar em presidente e vice, o eleitor que se cadastrou fica desobrigado de votar para os outros cargos – governador, senador e deputados federal e estadual – e não precisa justificar.

Caso não compareça à seção para a qual se habilitou e não vote para presidente, o eleitor deve justificar em qualquer seção eleitoral do país, excluída aquela para a qual estava habilitado para votar em trânsito.

Mas atenção: apenas a justificativa é que pode ser feita em qualquer seção eleitoral. Para votar, o eleitor deve se dirigir apenas à seção para a qual se cadastrou. As seções onde haverá voto em trânsito estão nas capitais e nas cidades com mais de 200 mil eleitores.

Estatísticas de eleitorado - Com a possibilidade do voto em trânsito, as estatísticas das Eleições 2014 apresentaram alterações no eleitorado que vai votar para presidente. Em Minas Gerais, o eleitorado para presidente, no primeiro turno, é de 15.236.577 eleitores e, no segundo turno, 15.237.098 eleitores. No total, 15.248.681 eleitores votam para os demais cargos em Minas Gerais.

O eleitor que tiver dúvidas sobre o assunto pode consultar o tira-dúvidas ou entrar em contato com o Disque-Eleitor pelos telefones 148 ou (31) 3291-0004.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave