Na volta de Givanildo, América pega o Joinville

Jogadores do Coelho evitam clima de vingança e só pensam em vencer para espantar a crise

iG Minas Gerais | Antônio Anderson |

Recomeço. 
Em sua quarta passagem pelo América, Givanildo comanda o time hoje contra o Joinville
ALISSON GONTIJO / O TEMPO
Recomeço. Em sua quarta passagem pelo América, Givanildo comanda o time hoje contra o Joinville

Na reestreia do técnico Givanildo Oliveira, que contra o Vila Nova (GO) acompanhou a partida de uma tribuna do estádio, o América enfrenta o Joinville nesta terça, às 19h30, na Arena Joinville, em partida válida pela 25ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O confronto contra o clube catarinense, que foi o autor da denúncia que levou o América a perder 21 pontos por conta da escalação irregular do lateral-esquerdo Eduardo, está sendo encarado pelos jogadores não com o espírito de vingança, mas como a oportunidade de o time tentar embalar na competição para deixar a zona de rebaixamento, enquanto o recurso não for julgado pelo Pleno.

“Será um jogo de seis pontos, uma verdadeira decisão. Com muito respeito à equipe do Joinville, vamos buscar uma vitória. E por tudo que aconteceu temos que dar a nossa vida em campo, para manter nossas chances de acesso, porque tenho certeza de que os pontos serão devolvidos pelo STJD”, afirmou o meia-atacante Willians.

O América começa a rodada em 20º lugar, com 15 pontos. São 11 a menos que o América-RN, primeiro clube fora da zona de rebaixamento. Já o Joinville, que tem 46 pontos, vai defender a liderança da competição. “A gente tem de procurar não entrar nessa onda de vingança pelo fato da denúncia, que foi feita pelo Joinville. O momento é de procurar jogar bola, mostrar nossa qualidade, nossa força e vencer novamente”, destacou o meia Mancini.

Escalação. Para o jogo desta noite, o América terá o retorno do volante Andrei, que cumpriu suspensão automática na partida contra o Vila Nova (GO). Givanildo Oliveira elogiou a atuação dos jogadores na vitória sobre o Vila Nova, mas não fez qualquer manifestação em relação ao time que pretende colocar em campo. O treinador americano tem as opções de manter Pablo e Gilson no meio-campo com Adalberto e Raul nas laterais. O sistema foi adotado contra o Vila Nova (GO) e não comprometeu.

Confrontos

Vantagem. América e Joinville se enfrentaram 13 vezes na história dos clubes. A vantagem nos confrontos é do Coelho mineiro, que venceu seis partidas, perdeu quatro e empatou três. No jogo do turno, realizado no Mineirão, o América bateu a equipe catarinense por 3 a 1, com gols do atacante Obina, do meia Mancini e do zagueiro Vitor Hugo. Antes desta partida em Belo Horizonte, o América não vencia o Joinville havia quatro jogos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave