Em lance que juiz não viu, Luan sofreu fratura em duas costelas

Cotovelada que levou do lateral-esquerdo do Cruzeiro, Egídio, tira o meia-atacante do Galo de ação por tempo indeterminado

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Luan agora está sob os cuidados do departamento médico atleticano
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Luan agora está sob os cuidados do departamento médico atleticano

O árbitro Marcelo de Lima Henrique não viu pênalti de Egídio em cima de Luan, aos 9 min do segundo tempo do clássico desse domingo, no Mineirão. E a falta cometida pelo lateral-esquerdo do Cruzeiro foi tão forte que o meia-atacante do Atlético sofreu fratura em duas costelas, como informou nesta segunda-feira o departamento médico alvinegro.

Não há previsão de retorno aos gramados do jogador do Galo. O certo é que ele está de fora do próximo embate do time, na quinta-feira, contra o Santos, no Independência.

Com isso, Luan é mais um atleta a passar um tempo no DM. Seguem em tratamento de lesões o lateral-esquerdo Pedro Botelho, os zagueiros Réver e Emerson, os volantes Lucas Cândido, Claudinei e Rafael Carioca, os meia-atacantes Marion e Maicosuel, e o centroavante Jô.

Claudinei e Jô serão reavaliados nesta terça-feira, na Cidade do Galo. O médico do clube, Rodrigo Lasmar, irá conceder entrevista coletiva.

Leia tudo sobre: AtleticoGaloLuan