Padrasto é suspeito de ter engravidado enteada de 11 anos

Homem nega acusações de que manteria relações com a garota desde seus 9 anos e diz que o filho não é dele

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Um homem de 34 anos foi detido nesta segunda-feira (22) sob suspeita de ter engravidado a própria enteada de 11 anos, em Montes Claros, no Norte do Estado. A garota estaria com nove semanas de gestação, sendo que o último abuso ocorreu na última segunda-feira (15). 

Conforme as informações do Boletim de Ocorrência confeccionado pela Polícia Militar (PM), a corporação tomou conhecimento do caso após a criança dar entrada em uma clínica hospitalar com dores abdominais. Após ser atendida a médica constatou a gravidez e, a partir daí, acabou descobrindo os abusos. 

O Conselho Tutelar foi acionado e a menina informou que vinha mantendo relações sexuais com o padrasto há mais ou menos 2 anos, sendo que o último abuso ocorreu há uma semana. A mãe dela alegou não ter conhecimento e se disse surpresa com a situação. Ela também contou que trabalha durante o dia e deixava a filha aos cuidados do marido, sendo que a criança nunca disse nada relacionado à isso para ela. 

Segundo o Conselho Tutelar, a garota foi encaminhada para passar por exames que confirmem os abusos sexuais. Ainda de acordo com a PM, o padrasto nega o crime e afirma que o filho não é dele. Ele foi detido e levado para a Delegacia de Plantão da cidade, onde até a noite desta segunda ele continuava sendo ouvido pelo delegado, segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil. 

Leia tudo sobre: enteadagrávidamontes clarospresodetidopadrasto