Epidemia de ebola já matou 2.803 pessoas em três países africanos

A Libéria, onde morreram 1.578 pessoas, concentra mais mortes do que os outros dois países juntos, Guiné e Serra Leoa

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Más condições. Controle da doença e estudo são limitados, especialmente em partes da África onde há uma infraestrutura médica limitada
Michael Duff/ap - 9.8.2014
Más condições. Controle da doença e estudo são limitados, especialmente em partes da África onde há uma infraestrutura médica limitada

Dados divulgados nesta segunda-feira (22) pela Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que o vírus ebola já matou 2.803 pessoas na Guiné, na Libéria e em Serra Leoa, países que enfrentam uma epidemia sem precedentes da doença. Nos três países, situados na África Ocidental, já foram afetadas pela doença 5.843 pessoas.

A Libéria, onde morreram 1.578 pessoas, concentra mais mortes do que os outros dois países juntos. Enquanto isso, a Nigéria e o Senegal tiveram casos importados da Libéria, da Guiné e de Serra Leoa. Na Nigéria, foram registrados 20 casos e oito mortes. O Senegal teve um único registro do ebola, seguido de morte.

Na República do Congo, onde os casos de ebola são desconectados dos de outros países, houve 68 registros da doença, com 41 mortes, incluindo oito profissionais de saúde que trabalhavam no combate à doença

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave