Seleção de basquete faz 1º treino no palco do Mundial

Treinador destacou que a preparação do Brasil já está praticamente concluída para a competição

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

A seleção brasileira feminina de basquete já está no palco da sua estreia no Mundial de Basquete, no próximo sábado, diante da República Checa, em Ancara, cidade que vai receber as partidas do Grupo A e B do torneio. Assim, na manhã desta segunda-feira, a equipe dirigida por Luiz Augusto Zanon realizou seu primeiro treinamento na quadra auxiliar da Arena Ancara.

"Fomos muito bem recebidos, e o campeonato está muito bem estruturado aqui em Ancara. Depois de uma viagem longa de quase 22 horas, desde que saímos de São Paulo, realizamos hoje (segunda) o primeiro treino já no clima de competição. A partir de agora, tudo é focado para este Mundial. Em cada minuto de quadra, vamos pensando no objetivo que temos que é fazer o maior número de jogos. Procurei deixar claro para elas em uma conversa que não há pressão nenhuma sobre o grupo, que elas precisam jogar soltas e contagiando a todos, sem medo", disse Zanon.

O treinador destacou que a preparação do Brasil já está praticamente concluída para o Mundial. Assim, a partir desta segunda-feira, a preocupação é mesmo com o acerto apenas dos detalhes finais, visando à estreia contra a República Checa, no sábado.

"O que tínhamos que ter trabalhado já foi feito. Agora precisamos aprimorar e usar a alegria delas na energia, no sentimento e pela oportunidade de estarem aqui. Mas principalmente usar essa alegria para buscar o lugar que queremos chegar", completou Zanon.

Estreante em Mundiais, a ala Patrícia Teixeira revelou o teor da conversa que Zanon teve com as jogadoras antes do treinamento desta segunda-feira. "O Zanon conversou com a gente no início do treino e lembrou que para o Brasil a competição já começou. Também pediu que jogássemos forte e com intensidade, mas que o mais importante era não perdermos a alegria e a confiança", disse.

Patrícia também destacou a importância do Brasil não tropeçar no seu primeiro jogo no Mundial. "Estou fazendo minha estreia em um Mundial como a maioria das meninas, mas vamos entrar com tudo nesse primeiro jogo. Uma vitória será muito importante para darmos continuidade ao trabalho que vem sendo feito. Por ser uma seleção muito jovem a alegria e o empenho não vão faltar", finalizou a ala.

Além da República Checa, o Brasil terá pela a frente a Espanha, no próximo domingo, e o Japão, no dia 30 de setembro, no Grupo A do Mundial. O líder da chave passa direto às quartas de final, enquanto o segundo e terceiro colocado vão entrar em quadra pelas oitavas de final.

Leia tudo sobre: seleçao femininabasquetemundialprimeirotreino