Após 6 a 0, Dorival pede paciência aos palmeirenses

Treinador garante que o time paulista vai sair desta situação; após a goleada, o Palmeiras caiu para a lanterna do Brasileirão

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Treinador pede calma a torcida e diz que esta fazendo de tudo para tirar o Palmeiras do rebaixamento
CESAR GRECO/ AGENCIA PALMEIRAS/DIVULGAÇAO
Treinador pede calma a torcida e diz que esta fazendo de tudo para tirar o Palmeiras do rebaixamento

O técnico Dorival Júnior pediu paciência aos torcedores palmeirenses após a derrota por 6 a 0 diante do Goiás, na noite deste domingo, no Serra Dourada, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. "É difícil pedir paciência, mas nós vamos sair dessa situação. Mesmo com tamanha dificuldade e com as derrotas, nós vamos trabalhar e sair dessa situação", afirmou o treinador, abatido após o resultado que iguala o pior revés do Palmeiras na história do Campeonato Brasileiro - o outro 6 a 0 havia sido diante do Internacional, em 1981.

O pedido do treinador não foi atendido na noite deste domingo. Torcedores foram até o hotel Mercure, onde a equipe estava hospedada em Goiânia, e atiraram pedras contra o ônibus que levava a delegação ao local. De acordo com a Polícia Militar de Goiás, os torcedores também tentaram agredir os jogadores na entrada do hotel.

O treinador completou seu quinto jogo à frente do Palmeiras e soma duas derrotas, dois empates e uma vitória e afirmou que não há uma explicação para o vexame no Serra Dourada. "Estamos fazendo o que é possível, estamos trabalhando com intensidade. É inexplicável. O jogo de hoje (domingo) foi uma situação inusitada. Não pode continuar como está. Fomos nós que erramos. Precisamos de uma mudança de postura", disse o treinador.

O Palmeiras já perdia por 4 a 0 no primeiro tempo, quando Dorival realizou as três alterações na volta do intervalo. Com isso, ele não pôde tirar Victorino, que sofreu uma lesão na coxa direita durante o jogo, e continuou na partida. "Eu tinha que fazer (as três mudanças). Eu precisa de uma mexida para mudar a postura do time. Mas tomamos o quinto gol logo de cara. A partir daí tentamos colocar a bola no chão e mudar o jogo", afirmou.

Leia tudo sobre: dorival juniorpalmeirasgoleadagoiascampeonato brasileirolanternaz4