Grêmio vence a Chapecoense com recorde de Grohe

Goleiro gremista chegou a incríveis 628 minutos sem sofrer gol, quebrando recorde de 1974

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O Grêmio sofreu, mas venceu a Chapecoense por 1 a 0 neste domingo, em Porto Alegre, pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro, e voltou à briga por um lugar no G-4. A equipe gaúcha continua na quinta colocação, mas agora tem 39 pontos, a um do Corinthians, dois do Inter e três do São Paulo, respectivamente quarto, terceiro e segundo colocados. O líder Cruzeiro está 10 pontos à frente.

A partida deste domingo na Arena Grêmio entrou para a história do clube gaúcho porque Marcelo Grohe chegou a incríveis 628 minutos sem tomar gol. O antigo recorde vinha desde 1974, quando Picasso ficou 601 minutos invicto.

No jogo deste domingo, a vantagem gremista foi estabelecida logo no início da partida e permaneceu até o final. Aos 7 minutos, Luan avançou para dentro da área e tentou finalizar em dividida com o goleiro, que conseguiu afastar a bola. Dudu aproveitou o rebote e marcou.

O gol entusiasmou a torcida, que passou a sonhar com uma vitória fácil. Mas, em vez de uma atuação convincente, o time tricolor só conseguiu controlar os movimentos do adversário, arriscar alguns chutes de longe e raramente entrou na área da Chapecoense.

A melhor chance do time gaúcho ampliar ocorreu aos 24 minutos, quando Luan conduziu a bola e chutou fraco, facilitando a defesa de Danilo, enquanto Dudu, livre, esperava pelo passe. O jogo só voltou a ter fortes emoções no final do segundo tempo. Aos 37 minutos, Zé Roberto lançou Lucas Coelho, que acertou um chute forte, defendido por Danilo.

Nos últimos minutos, a Chapecoense partiu para a pressão. Aos 46 Rodrigo Biro chutou perto da goleira defendida por Marcelo Grohe, assustando a torcida, que já pedia para o juiz encerrar a partida para garantir o placar. O time catarinense é o 15.º, com 24 pontos, um a mais que o Criciúma, vice-lanterna.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 1 X 0 CHAPECOENSE

GRÊMIO - Marcelo Grohe; Pará, Rhodolfo, Pedro Geromel e Zé Roberto; Matheus Biteco, Walace, Fellipe Bastos (Riveros), Luan (Fernandinho) e Dudu; Barcos (Lucas Coelho). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

CHAPECOENSE - Danilo; Fabiano, Jaílton, Rafael Lima e Rodrigo Biro; Bruno Silva, Diones (Zezinho), Ricardo Conceição (Hyoran) e Camilo (Bruno Rangel); Fabinho Alves e Leandro. Técnico: Jorginho.

GOL - Dudu aos 7 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - André Luiz de Freitas Castro (GO).

CARTÕES AMARELOS - Pedro Geromel e Matheus Biteco (Grêmio); Fabiano, Rafael Lima, Hyoran e Leandro (Chapecoense).

PÚBLICO - 16.760 pagantes.

RENDA - R$ 440.207,00.

LOCAL - Arena Grêmio, em Porto Alegre.

Leia tudo sobre: gremiogrohe