Lampard marca contra o Chelsea e dá empate ao City

O empate, porém, não tira a equipe londrina da liderança do Campeonato Inglês, agora com 13 pontos e três de vantagem para Southampton e Aston Villa

iG Minas Gerais | Agência Estado |

Um dos maiores nomes da história do Chelsea, Frank Lampard impediu neste domingo que o clube londrino mantivesse 100% de aproveitamento no Campeonato Inglês no encerramento da quinta rodada. Afinal, foi do meia o gol do Manchester City, em casa, no empate por 1 a 1 com o Chelsea.

O empate, porém, não tira a equipe londrina da liderança do Campeonato Inglês, agora com 13 pontos e três de vantagem para Southampton e Aston Villa, que estão logo atrás. Já o Manchester City faz um início de temporada irregular e está na sexta colocação, com oito pontos.

Manchester City e Chelsea fizeram um primeiro tempo bastante truncado, com o time londrino sendo mais perigoso. Na etapa final, a equipe de Manchester tentou se impor e quase abriu o placar em uma finalização de fora da área de Fernandinho. Porém, acabou sofrendo um baque aos 21 minutos, com a expulsão de Zabaleta.

Logo em seguida, o Chelsea aproveitou a vantagem numérica para abrir o placar, aos 25 minutos. Após bela troca de passes, Hazard avançou pela direita e cruzou para Schürrle tocar para as redes.

Em desvantagem, o Manchester City resolveu apostar em Lampard, que estava no banco de reservas e entrou em campo aos 33 minutos. Porém, quem quase marcou foi o Chelsea, com Diego Costa que acertou a trave.

E quem acabou fazendo um gol foi mesmo Lampard. Aos 39 minutos, o meia foi acionado na grande área por Milner e finalizou de voleio para marcar contra o Chelsea. Lampard preferiu não celebrar o gol diante do seu ex-clube e, ao término do jogo, foi aplaudido pelas torcidas de Manchester City e Chelsea.

Também neste domingo, o Crystal Palace bateu o Everton por 3 a 2 fora de casa. Mile Jedinak, Fraizer Campbell e Yannick Bolasie fizeram os gols do time visitante, que foi vazado por Romelu Lukaku e Leighton Baines.

Leia tudo sobre: futebolcampeonato inglêschelsea