Massa diz que guiou como 'vovó' para garantir 5º lugar

"Foi possível. Quando a equipe disse que precisaria ir com aqueles pneus até o final, eu dei risada", disse Massa, após o GP de Cingapura, em entrevista à TV Globo

iG Minas Gerais | Agência Estado |

Globo Esporte/Reprodução
undefined

O brasileiro Felipe Massa conseguiu conquistar a quinta colocação no GP de Cingapura, no circuito de rua de Marina Bay, graças a uma ousada decisão da Williams, que optou por não realizar um terceiro pit stop, o deixando com os mesmos pneus nas 37 últimas voltas da prova.

Após a corrida, Massa comentou a estratégia e admitiu que inicialmente não acreditava que ela era viável. Assim, o brasileiro explicou que passou a pilotar com cuidados extremos, se comportando, nas suas palavras e em tom de brincadeira, como uma "vovó" na direção de um carro.

"Foi possível. Quando a equipe disse que precisaria ir com aqueles pneus até o final, eu dei risada", disse Massa, após o GP de Cingapura, em entrevista à TV Globo. "Comecei a guiar como uma vovó, trocava de marcha com cuidado a cada curva. E deu certo", completou.

Massa só lamentou a escapada do finlandês Valtteri Bottas no final da prova, que impediu o seu companheiro de equipe na Williams de somar pontos no GP de Cingapura. "Uma pena que Bottas teve problemas no final, mas acho que foi uma boa corrida", afirmou.

Para Massa, Bottas somar pontos era importante porque a Williams está em uma luta direta com a Ferrari pela terceira colocação no Mundial de Construtores. Mas mesmo com o problema, a equipe inglesa segue na frente da italiana, agora com 187 pontos e nove de vantagem. Já o brasileiro está em nono lugar no Mundial de Pilotos, com 65 pontos.

Leia tudo sobre: felipe massaF1