Conteúdo do Viurbs foi reeditado

iG Minas Gerais |

O Corta Caminho e o Programa de Reestruturação Viária de Belo Horizonte (Viurbs) são tratados pela prefeitura como duas iniciativas distintas, mas surgiram como soluções para o trânsito da capital e ainda não têm cronograma para a implementação das obras, segundo o consultor em transporte e trânsito Osias Batista Neto. Segundo ele, na realidade, o conteúdo tanto do Viurbs (2008) como do Corta Caminho (2009) é o mesmo, e as iniciativas têm o mesmo escopo, com nomes diferentes.

“Na época (do lançamento do Corta Caminho), entendi que foi usado um nome diferente para dar mais repercussão ao programa. O projeto não previa nenhuma alteração que já não estivesse no Viurbs”, explica.

Grande parte das obras do programa não é de fato para cortar caminho, mas sim de melhorias para diversas vias na capital, segundo Neto. (BF)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave