JFL Alarmes cria produtos de segurança

Empresa de Santa Rita do Sapucaí desenvolve um equipamento sem igual no mundo

iG Minas Gerais | Helenice Laguardia |

Fernando Mota tem lista de mais cem produtos para desenvolver
JFL ALAMRMES/DIVULGAÇÃO
Fernando Mota tem lista de mais cem produtos para desenvolver

A JFL Alarmes, nascida em Santa Rita do Sapucaí, no Sul de Minas, fabrica o produto com a maior tecnologia disponível em nível mundial, de acordo com o seu fundador, Fernando Barbosa Mota, 48. Trata-se da central de segurança eletrônica, que tem comunicação via linha telefônica, internet e GPRS. “Se eu estou na China, por exemplo, eu posso ligar, desligar e ter todo o controle do equipamento que está em Santa Rita do Sapucaí, mesmo estando a quilômetros de distância”, conta o executivo.

Mas não é somente esse aparelho que a JFL Alarmes fabrica. E por isso mesmo, ela tem um faturamento previsto para 2014 de R$ 130 milhões. “Nos últimos quatro anos, crescemos de 25% a 30%.” Atuando no mercado de segurança eletrônica, a JFL tem 200 itens, com 16 famílias de equipamentos. “Em maio, lançamos uma família completa de produtos na área de segurança contra incêndio, com dez itens.”

Para crescer, a JFL investiu, no último ano, mais de R$ 20 milhões para a melhoria da planta do Sul de Minas e em uma nova unidade em Manaus, no Amazonas. Em 20 anos de atuação, a JFL tem no mercado brasileiro mais de 50 milhões de produtos instalados. “Hoje, a gente produz, em média, 350 mil ítens por mês”, calcula.

Exportação. A JFL já vende seus produtos para mais de 15 países, atendendo todo o Mercosul, além de Europa e Estados Unidos. “Cada país tem a sua necessidade de produto. No México, vendemos mais alarmes; no Peru, mais centrais. Fazemos a adequação do produto à necessidade do país”, conta.

História

Início. Antes de abrir a JFL com um sócio, Fernando Mota estudou na Escola Técnica em Eletrônica (ETE), em Santa Rita do Sapucaí. “Desde quando eu entrei na ETE, eu tinha vontade de montar uma empresa”, conta.

Grandes números

R$ 20 milhões foram investidos pela JFL Alarmes no último ano

80% da matéria-prima utilizada pela JFL é importada

26 engenheiros trabalham na inovação de produtos da JFL

16 famílias de equipamentos são produzidas pela JFL

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave