Tiro certeiro para começar

Em “Malhação”, folhetim adolescente da Globo, Thaty Taranto vive papel próximo de sua realidade

iG Minas Gerais | luana borges |

“É muito feliz fazer um primeiro trabalho na televisão com algo que tenha a ver com você”
Jorge Rodrigues Jorge/CZN
“É muito feliz fazer um primeiro trabalho na televisão com algo que tenha a ver com você”

Tem personagem que veste um ator. E foi exatamente isso que aconteceu com Thaty Taranto em “Malhação” – folhetim infantojuvenil da Globo. Assim que soube da escalação para viver Clara, uma professora de corpo e acrobacia na trama, a atriz teve a certeza de que o papel tinha tudo a ver com ela. Afinal, Thaty foi atleta durante cerca de 20 anos.

Ainda criança, aos 8 anos, começou a fazer ginástica olímpica e acabou enveredando para o trampolim acrobático. Participou de vários campeonatos, no Brasil e no exterior, e quase sempre conquistava uma medalha. Justamente por ter esse perfil, a atriz de 30 anos foi lembrada pelo produtor de elenco Fábio Zambroni, que a convidou para fazer um teste para a produção adolescente. Durante a avaliação, ela precisou demonstrar habilidades com dança e acrobacia – o que, obviamente, tirou de letra”. “É muito feliz fazer um primeiro trabalho na televisão com algo que tenha a ver com você. Meu sonho sempre foi trazer essa disponibilidade corporal, o que aprendi de acrobacia e de esporte, para meu trabalho como atriz”, explica a estreante na telinha.

Apesar de ter dedicado duas décadas à carreira de atleta, Thaty começou a flertar com a interpretação também na infância. Chegou a posar para alguns catálogos de roupa e participar de testes. Até que a boa performance no esporte a afastou do meio artístico. Mas, depois de experimentar um período da faculdade de Comunicação Social, decidiu cursar artes cênicas na Casa das Artes de Laranjeiras (CAL), famosa escola de teatro na zona Sul do Rio de Janeiro. “Até os últimos quatro anos em que eu competia, conciliei a carreira de atleta com o teatro. Mas depois tive de me dedicar só ao teatro”, conta ela, que fez algumas pequenas participações na televisão em “A Turma do Didi”, “Cobras & Lagartos” e “Duas Caras”, entre outras produções da emissora carioca. Preferências

Ator: Osmar Prado Atriz: Fernanda Montenegro Vilão marcante: Nazaré, interpretada por Renata Sorrah em “Senhora do Destino”, exibida pela Globo em 2004 Com quem gostaria de contracenar: Osmar Prado e Marco Nanini Humorista: Elenco do Porta dos Fundos e Paulo Gustavo Personagem que gostaria de representar: Uma vilã Novela preferida: “Senhora do Destino”, de Aguinaldo Silva Filme: “V de Vingança” Autor: Rubem Fonseca e Caio Fernando Abreu

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave