Curdos buscam refúgio na Turquia

iG Minas Gerais |

Cerca de 45 mil curdos procedentes da Síria entraram na Turquia durante a madrugada de sexta-feira (19) para sábado (20) através de oito passagens fronteiriças, fugindo dos ataques do Estado Islâmico (EI), informou o vice-primeiro-ministro turco, Numan Kurtulmus.

Os militantes do movimento extremista muçulmano estão atacando a área de Kobani há três dias, invadindo vilas e forçando dezenas de milhares de curdos sírios a fugir. “Kobani está enfrentando o mais cruel e bárbaro ataque da sua história”, diz Mohammed Saleh Muslim, diretor da União Democrática Curda.

Os refugiados foram amparados em diversos locais do país. “Alguns se refugiaram com suas famílias, e outros se instalaram em edifícios públicos, escolas ou tendas”, disse Kurtulmus. “Não há país no mundo, sem importar quão rico seja, que possa acolher 45 mil refugiados em uma só noite” acrescentou declarou o vice-primeiro-ministro durante a entrevista.

Num movimento contrário, cerca de 300 combatentes curdos cruzaram a fronteira turca em direção à Síria para tentar frear o avanço do EI, de acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave