Inter surpreende o Atlético-PR e vence em Curitiba

Com o resultado, equipe colorada conseguiu assegurar a terceira colocação na tabela do Brasileiro

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Chuva forte em Curitiba atrapalhou o bom futebol a Arena da Baixada
Mauricio Mano/Site Oficial
Chuva forte em Curitiba atrapalhou o bom futebol a Arena da Baixada

Com um gol do atacante Rafael Moura, que havia entrado em campo minutos antes, o Internacional se manteve na briga por uma vaga na Libertadores ao vencer o Atlético Paranaense por 1 a 0, neste sábado, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), na abertura da 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Reformado para a Copa, o gramado do estádio sofreu muito com a chuva e, em muitos pontos, não deixou a bola correr.

Com a vitória fora de casa, o time gaúcho se consolidou na terceira colocação com 41 pontos, enquanto o Atlético, com 28, se manteve na 11.ª colocação, mas pode perder algumas posições até o final da rodada.

O dono da casa tomou a iniciativa da partida e encontrava facilidade pelo lado esquerdo do time gaúcho, com jogadas de linha de fundo do ala Mário Sergio. Em uma delas, aos 8 minutos, ele tocou para Douglas Coutinho que bateu de primeira e obrigou Dida a fazer uma difícil defesa.

O jogo estava movimentado, apesar das poucas chances de gol, mas a partir dos 20 minutos o ritmo e a qualidade técnica caíram, após uma forte chuva que deixou o campo mais pesado.

Aos 28, William Rocha tentou dominar uma bola à frente da grande área, mas não conseguiu. Ela sobrou para Eduardo Sasha, que chutou com perigo para o gol de Wéverton.

Na segunda etapa, com o campo em melhor estado, as duas equipes voltaram a tocar mais a bola e o Atlético passou a apostar na velocidade de Marcelo e Douglas Coutinho.

Mas foi William Rocha, aos 13 minutos, que quase marcou, após driblar Gilberto e chutar no ângulo esquerdo de Dida, que mandou a bola para fora.

Com o passar do tempo, o Inter passou a anular as jogadas laterais do time da casa e cresceu na partida e conseguiu marcar seu gol. Aos 36, em uma jogada iniciada pela esquerda, Rafael Moura, que havia entrado três minutos antes, desviou de cabeça para Valdívia, que chutou forte. No meio do caminho, o centroavante desviou para abrir o placar.

Aos 40, William Rocha ainda teve a chance de empatar, mas Dida voltou a fazer uma excelente defesa e evitou o gol. No final da partida o goleiro veterano comemorou a vitória. "Sabíamos que seria difícil, mas no segundo tempo depois da chuva, nossa equipe que é bem técnica, conseguiu esse resultado", analisou.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-PR 0 X 1 INTER

ATLÉTICO-PR - Wéverton; Mario Sergio, Gustavo, Cleberson e William Rocha; Deivid, Hernani (Sidcley), Bady e Marcos Guilherme (Marcos Damasceno); Douglas Coutinho e Marcelo. Técnico: Claudinei Oliveira.

INTER - Dida; Gilberto, Ernando (Juan), Paulão e Fabrício; Aranguíz, Wellington, Alex e D' Alessandro; Eduardo Sasha (Valdívia) e Wellington Paulista (Rafael Moura). Técnico: Abel Braga.

GOL - Rafael Moura, aos 36 minutos do segundo tempo. ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza (SP). CARTÕES AMARELOS - Fabrício (Inter) e Douglas Coutinho (Atlético-PR). RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis. LOCAL - Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Leia tudo sobre: atletico-printerinternacionalcoloradofuracaofutebol