Ponte goleia Oeste e confirma vaga no G-4 da Série B

Macaca teve tarde inspirada e aplicou 5 a 1 no rival paulista, que está em situação intermediária na tabela

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

A Ponte Preta afastou de vez qualquer trauma pela virada incrível sofrida em casa contra o Atlético-GO pela Série B. Na tarde deste sábado, os campineiros não tomaram conhecimento do Oeste, golearam por 5 a 1, em Campinas, pela 24.ª rodada e mantiveram a boa fase.

Esta foi a terceira vitória seguida da Ponte Preta, que assumiu a terceira posição com 43 pontos, três na frente do Ceará, primeiro time fora do G4. O Oeste, por sua vez, encerrou uma série de quatro jogos sem derrota e manteve os 27 pontos em 14.º lugar.

Mais uma vez, a Ponte teve a velocidade como principal arma para furar a defesa adversária. Cafu e Roni deram trabalho para os marcadores no Oeste nos primeiros minutos. Desta forma, o time campineiro não demorou para abrir o placar. Aos 16 minutos, Rodnei fez o cruzamento rasteiro, Alexandro tentou de letra, mas a defesa conseguiu fazer o desvio. No rebote, Adrianinho apareceu dentro da área e finalizou com força para o fundo das redes.

O gol acordou o time do Oeste, que foi para cima e testou a força defensiva dos donos da casa. Aos 20 minutos, Fábio Santos fez jogada individual, passou por dois marcadores e finalizou cruzado, marcando belo gol.

O Oeste tinha tudo para deixar a partida igual e anular a Ponte Preta, mas o atacante Serginho jogou toda chance do time de Itápolis pelo ralo após receber vermelho por agressão ao atacante Alexandro.

Com um jogador a mais, a Ponte Preta repetiu a estratégia do primeiro gol e em jogada lateral voltou a ficar na frente. Aos 26 minutos, João Paulo fez o cruzamento da esquerda e Alexandro deu um leve desvio de cabeça para marcar.

Com espaço para jogar e em alta velocidade, os donos da casa passaram a explorar o lado direito de ataque, nas costas de Renan, que estava improvisado na lateral. Dali saíram mais dois gols e a Ponte conseguiu golear ainda no primeiro tempo.

Aos 31 minutos, Alexandro mostrou oportunismo para aproveitar indefinição da defesa do Oeste após cruzamento da direita. Perto do final da primeira etapa, aos 45 minutos, Rodinei, que havia dado duas assistências, recebeu boa bola e tocou na saída do goleiro. O destaque do quarto gol foi a grande triangulação entre Cafu, Roni e Rodnei.

O jogo ficou fácil para a Ponte Preta. Mesmo com o Oeste ainda acreditando na possibilidade de uma reação, o time campineiro se manteve tranquilo e especialmente perigoso. Aos 14 minutos, Roni recebeu lançamento, errou o domínio, mas recuperou a bola em seguida e finalizou bem de fora da área, ampliando o placar.

O técnico Guto Ferreira aproveitou o placar elástico para fazer algumas alterações e dar ritmo a reservas como Renato Cajá e Douglas Tanque. Sem emoções, o jogo seguiu até o final com festa dos torcedores na arquibancada.

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira, quando a Série B terá rodada completa. Às 19h30, a Ponte Preta encara o Vila Nova, no Serra Dourada, em Goiânia (GO). Um pouco mais tarde, às 21h50, o Oeste visita o Santa Cruz, no Estádio do Arruda, em Recife (PE).

FICHA TÉCNICA:

PONTE PRETA 5 X 1 OESTE

PONTE PRETA - Roberto; Rodnei, Tiago Alves, Gilvan e João Paulo; Fernando Bob, Juninho e Adrianinho (Renato Cajá); Roni, Cafu (Rossi) e Alexandro (Douglas Tanque). Técnico: Guto Ferreira.

OESTE - Anderson; Ezequiel, Cris, Halisson e Renan Diniz (Lelê); Dionísio, Everton Dias (Negretti), Kleber e Roger Gaúcho; Serginho e Fábio Santos (Wagninho). Técnico: Roberto Cavalo.

GOLS - Adrianinho, aos 16, Fábio Santos, aos 20, Alexandro, aos 26 e 31, e Rodnei, aos 45 minutos do primeiro tempo. Roni, aos 14 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO Thiago Duarte Peixoto (SP).

CARTÕES AMARELOS - Cris e Negretti (Oeste).

CARTÃO VERMELHO Serginho (Oeste).

RENDA - R$ 44.013,00.

PÚBLICO - 5.148 pagantes.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Leia tudo sobre: ponte pretaoestegoleadaserie bfutebol