Camarões sediará Copa Africana de Nações de 2019

A Confederação Africana de Futebol (CAF) anunciou neste sábado que Camarões, Costa do Marfim e Guiné foram os escolhidos e vão sediar as edições de 2019, 2021 e 2023, respectivamente, da Copa África de Nações

iG Minas Gerais | Agência Estado |

O Oeste da África vai receber três vezes seguidas o torneio e Camarões será o próximo destino da Copa das Nações Africanas. A decisão foi anunciada pelo presidente da CAF, Issa Hayatou, após uma reunião de dois dias do comitê executivo da entidade em Addis Ababa, na Etiópia. A escolha de Guiné para sediar a edição de 2023 do torneio foi uma surpresa, ainda mais que a confederação havia anunciado anteriormente que apenas as sedes de 2019 e 2021 seriam definidas nesse encontro.

Assim, o país natal de Hayatou, Camarões, vai sediar a Copa Africana de Nações de 2019, na sua segunda vez que organizará o torneio, sendo a primeira após 1972. A Costa do Marfim organizou o torneio em 1984 e Guiné nunca o recebeu. Argélia e Zâmbia eram os outros países que desejavam sediar uma das edições em disputa da Copa Africana de Nações.

Em 2015, o principal torneio de seleções do futebol africano será realizado no Marrocos. A edição de 2017 seria realizada na Líbia, que desistiu de sediá-lo. Um novo organizador será definido no próximo ano.

Além dessa definição, a CAF também reiterou o seu apoio ao atua presidente da Fifa, Joseph Blatter, para a eleição do próximo ano. Hayatou elogiou o dirigente suíço, de 78 anos, dizendo que ele foi fundamental para que o continente sediasse pela primeira vez uma edição da Copa do Mundo, em 2010, na África do Sul.

Em 2002, Hayatou enfrentou Blatter na eleição da Fifa e perdeu. A África, porém, vem sendo um dos principais apoiadores de Blatter nos últimos, com o presidente da CAF tendo declarado o seu apoio durante o Congresso da Fifa deste ano, realizado no Brasil. Houve "apoio unânime" para Blatter do Comitê Executivo da CAF, disse, neste sábado, o dirigente camaronês.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave