Clássico que vai deixar marcas

Craque do último Brasileiro, meia celeste quer primeira vitória no ano contra o rival

iG Minas Gerais | Guilheme Guimarães |

“Espero sair com a vitória no domingo. Estar em um grande clube e fazer cem jogos é algo que me deixa feliz.”
Douglas Magno - 17.7.2014
“Espero sair com a vitória no domingo. Estar em um grande clube e fazer cem jogos é algo que me deixa feliz.”

Um jogo que vai parar Minas Gerais e deixar todo o Estado pintado de azul, branco e preto. Cruzeiro e Atlético serão protagonistas, amanhã, às 16h, no Mineirão, pela quarta vez no ano, de um dos clássicos mais importantes do futebol nacional. Se o confronto já é especial por sua grandeza e tradição, se tornará ainda mais importante para um jogador cruzeirense em específico: Everton Ribeiro.

O meia da Raposa completará, justamente contra o arquirrival, seu centésimo jogo com o uniforme estrelado. Um dos destaques do time azul, o camisa 17 terá papel preponderante no meio-campo. E, para alcançar sucesso diante do rival, precisará usar toda criatividade que tem para movimentar seu setor de atuação. E, principalmente, conseguir municiar o melhor ataque do país, composto por Marcelo Moreno e Ricardo Goulart.

“Só de ser um clássico a motivação é grande. A marca será muito importante para mim. Estar em um grande clube e fazer cem jogos em um ano e meio é algo que me deixa muito feliz. Vamos dar a vida para trazer essa vitória e fazer com que o dia seja de muita comemoração”, disse Ribeiro.

Garçom da Raposa, o camisa 17 já deu oito assistências para gol no Brasileirão e lidera esse ranking, à frente de Dario Conca, do Fluminense, e de Paulo Henrique Ganso, do São Paulo, ambos com sete.

“Com 21 gols marcados em 99 jogos, o meia é alvo de elogios por parte do técnico Marcelo Oliveira. Na visão do comandante, além da marca expressiva de partidas pelo clube, outros fatos precisam ser comemorados. “O Everton Ribeiro é um jogador que se destacou muito, foi o craque do campeonato passado e a diretoria conseguiu conservar este jogador no elenco, o que é muito difícil pela concorrência desleal do mercado internacional. Ele é um tipo de jogador muito assediado. Eu vejo o Everton (Ribeiro) muito feliz aqui e ele vai motivado para o clássico, por que fará cem jogos em uma grande instituição do Brasil”, afirma Oliveira.

Além da façanha pelos jogos, Everton Ribeiro pode ajudar o Cruzeiro a obter outro recorde: ser o primeiro clube a conquistar 52 pontos até a 23ª rodada do Brasileiro. Feito ainda inédito desde 2006, quando a Série A do campeonato de pontos corridos passou a ser disputado por 20 clubes.

“Espero sair com a vitória no domingo. Estar em um grande clube e fazer cem jogos é algo que me deixa feliz.” “Antes de chegar ao Cruzeiro, buscava espaço em um grande clube novamente. Quero continuar fazendo história aqui e buscar ainda mais títulos.”

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave