Dez curiosidades sobre o candidato à Presidência Eduardo Jorge

Ele tinha minhocário na sala do trabalho, não usa elevador e veste roupas velhas do irmão

iG Minas Gerais | Ricardo Corrêa e Lucas Ragazzi |

Reprodução / Facebook
undefined

A disputa eleitoral de 2014 traz personagens conhecidos do meio político. São os favoritos como Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSDB), o grupo de representantes da esquerda já revelados em outras eleições, como Luciana Genro (PSOL) ou Zé Maria (PSTU), entre outros, e as folclóricas figuras de Levy Fidelix (PRTB), o do "aerotrem", e Eymael (PSDC), o do jingle mais famoso da política. Mas, em meio a eles, surgiu nas eleições atuais um outro candidato que tem chamado a atenção, menos pelas chances que tem, e mais pela postura em debates, com um jeito despojado, e com ideias ousadas na ponta da língua.

Embora fundador do PT e militante político há décadas, Eduardo Jorge (PV) é ainda desconhecido de muita gente. Há inclusive os que duvidam de que ele realmente seja assim, tão despojado e avesso aos padrões. Para saber quem é Eduardo Jorge, buscamos informações com pessoas que trabalharam com ele na secretaria de Meio Ambiente de São Paulo, durante a gestão de José Serra na Prefeitura de São Paulo. E foi com eles que conseguimos dez curiosidades do candidato do "não tenho nada a ver com isso". Confira:

1) Em sua sala na Secretaria ele mantinha uma colônia de minhocas, para decompor o lixo orgânico e que, por isso, naturalmente, gerava certo odor desagradável. Ainda assim, Eduardo Jorge realizava todos os encontros políticos e reuniões com gente importante nessa sala, com cheiro e tudo.

2) Ele queria abolir o uso do ar condicionado e dos elevadores (o prédio tem 10 andares + terraço) para economizar energia. Conseguiu somente que o ar condicionado fosse abolido no andar onde ficava o gabinete.

3) Ele não usava elevador, subia e descia os 10 andares a pé todo dia.

4) Ele não costuma comprar roupas. Um funcionário jura que em 90% das vezes que eu o viu, seja no gabinete dele ou até em eventos oficiais, Eduardo Jorge ia com uma camisa velha da Secretaria do Meio Ambiente ou uma do Botafogo.

5) Ainda sobre roupas, toda semana chegava um pacote na casa dele com as roupas velhas do irmão, que mora longe. Ele usava isso e contava para todos.

6) O ex-secretário é uma pessoa bem lógica. Um dia, uma diretora comentou com a secretária dele que um dos fatores principais de lentidão na rede era que o povo ficava usando demasiadamente as redes sociais. Ele ouviu da sala dele, levantou e mandou bloquear tudo, de todo mundo. Nem o setor de Comunicação entrava mais no Facebook.

7) Ele mandou instalar um banheiro com chuveiro no terraço para todo mundo que ia trabalhar de bicicleta. Inclusive ele.

8) Ele mandou instalar em todos os computadores da secretaria o seguinte aplicativo: http://www.greenpeaceblackpixel.org, que diminui o consumo de energia dos computadores.

9) Ele mudou todos os papéis da Secretaria para papel reciclável.

10) Era intolerante com atrasos e costumava resolver ele próprio os problemas que sabia resolver. Irritava-se e não tinha papas na língua ao reclamar de quem não cumpria sua tarefa, seja quem fosse. Em certa ocasião, falou aos palavrões com um secretário de Transportes, que demorava a liberar dados para o programa de Inspeção Veicular na época. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave