Aranha é chamado de 'Branca de Neve' por torcedor gaúcho

No primeiro encontro entre Grêmio e goleiro, após o episódio do racismo, arqueiro santista foi ironizado pela torcida tricolor

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Aranha defende o equilíbrio que tem sido buscado por Oswaldo de Oliveira
Santos/Divulgação
Aranha defende o equilíbrio que tem sido buscado por Oswaldo de Oliveira

Se no jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, alguns torcedores do Grêmio cometeram atos racistas contra Aranha - que culminaram na eliminação do clube do Sul na competição -, nessa quinta-feira, no reencontro do time gaúcho e o arqueiro, pela 22ª rodada do Brasileiro, na Arena Grêmio, a maioria da torcida tricolor cometeu atos lamentáveis, novamente com o goleiro como alvo.

Desta vez, Aranha não foi chamado de 'macaco', como aconteceu no jogo do torneio mata-mata. Mas nem por isso deixou de haver preconceito. Na quinta-feira, a torcida utilizou a ironia e as vaias para manifestar o racismo. Um aficionado tricolor foi flagrado pela TV Globo gritando 'vai, Branca de Neve' para o goleiro.

Durante a transmissão, era possível ouvir também, em meio às vaias, alguns gritos de “branquelo” e ofensas homofóbicas.

“Eu, sinceramente, esperava ser recebido de outra maneira. Acreditava que a grande maioria tinha repudiado as atitudes. Pelo que vi hoje (quinta-feira), concordam com tudo. Acham isso bonito. Eles seguem a vida deles, e eu a minha”, afirmou Aranha, ao fim da partida.

Por outro lado, muitos torcedores seguravam faixas e cartazes contra o racismo. “Gremistas sim, racistas não”, dizia um dos cartazes.

Leia tudo sobre: AranharacismoGremio