Celestes valorizam sete pontos de vantagem e almejam ampliar diferença

Resultados da 22ª rodada do Campeonato Brasileiro foram amplamente favoráveis ao time da Toca da Raposa, que tem como meta mais uma vitória no clássico

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE |

Léo espera se manter na equipe no duelo com o Flamengo, já que Bruno Rodrigo cumprirá suspensão
Washington Alves/VIPCOMM
Léo espera se manter na equipe no duelo com o Flamengo, já que Bruno Rodrigo cumprirá suspensão

Os jogadores do Cruzeiro consideraram como muito positivo o balanço da 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Além de bater o Atlético-PR, no Mineirão, as derrotas de São Paulo e Fluminense e os empates de Internacional e Corinthians contribuíram para a Raposa recuperar a vantagem de sete pontos que tinha para o Tricolor Paulista, atual vice-líder.

“Voltamos a ter a vantagem de sete pontos. A rodada nos favoreceu. As derrotas de São Paulo e Fluminense nos ajudaram bastante. Temos esse objetivo de permanecer na ponta da tabela e, quem sabe, até aumentar a diferença de pontos”, declarou o zagueiro Léo.

O defensor afirmou que os jogadores celestes focam primeiro em vencer os seus jogos, para depois olhar o resultado dos adversários. “Pensamos na gente e nos nossos adversários de cada jogo. Procuramos fazer o nosso papel, principalmente em casa, vencendo as partidas. O que vier de tropeço dos nossos adversários é lucro. Fazendo o nosso papel e com os rivais perdendo pontos, isso vai nos ajudar cada vez mais”, disse.

O meia-atacante Ricardo Goulart afirmou que a equipe soube absorver o revés para o São Paulo e reagir, voltando a abrir a vantagem sobre o segundo colocado. “O futebol é muito rápido. Não dá para ficar lamentando a derrota. No jogo seguinte, a gente já tem que mostrar reação. Nós entendemos isso, vencemos o Atlético-PR e conseguimos retomar essa vantagem de sete pontos. Por isso, vamos focados pra vencer o clássico”, declarou.

Leia tudo sobre: jogadorescruzeiroqueremaumentarvantagembrasileiroclassicoatletico