Integrante da 'Gangue do Pança' é morto com 15 tiros no Alto Vera Cruz

Segundo populares contaram á polícia, vítima, que era de um dos grupos mais temidos do bairro, foi executado durante troca de tiros com bandidos da "Gangue do Ita"

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um jovem de 29 anos foi executado com 15 tiros, na noite dessa quinta-feira (18), no Alto Vera Cruz, na região metropolitana de Belo Horizonte. A vítima seria integrante de uma das quadrilhas mais perigosas da área, conhecida como “Gangue do Pança”.

Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, populares contaram aos militares do 22º Batalhão que Heleno Cezário Froés de Lima estava com sua Honda Hornet no beco da rua Augusto Papini quando começou a trocar tiros com outros homens, que seriam da “Gangue do Ita”.

Durante o tiroteio, a vítima caiu no chão e foi baleada mais vezes. Lima foi atingido na barriga, braços, costas, cabeça e axila e morreu no local. Após o homicídio, os atiradores ainda fugiram com a arma de Lima.

Nenhum suspeito foi localizado e a ocorrência foi encerrada na Central de Flagrantes 2 (Ceflan).

'Famosinha do Alto'

A Gangue do Pança é um das mais conhecidas e temidas do Alto Vera Cruz. Constantemente, a quadrilha briga com grupos rivais pelo comando do tráfico de drogas na região.

No dia 9 deste mês, um homem de 26 anos, conhecido pelo apelido de 'Lorinho', foi preso por porte ilegal de arma no bairro. O suspeito, que faz parte da mesma gangue de Lima, estava com uma submetralhadora e uma carabina 44, que são de grosso calibre.

Denúncias anônimas informaram à corporação que a Gangue do Pança se juntou com a “Gangue Buraco do Sapo” para adquirir os materiais. No dia do crime, um outro suspeito conhecido como “Japão” conseguiu fugir. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave