Anastasia mantém vantagem

Josué Alencar teve crescimento expressivo desde a última pesquisa, mas ainda não ameaça o rival

iG Minas Gerais | Guilherme Reis |

Apesar da vantagem, Antonio Anastasia nega que já esteja eleito
Uarlen Valério
Apesar da vantagem, Antonio Anastasia nega que já esteja eleito

O ex-governador de Minas e candidato ao Senado pelo PSDB, Antonio Anastasia, permanece no mesmo patamar verificado na última pesquisa DataTempo/CP2 e mantém vantagem com folga sobre o seu principal adversário, Josué Alencar (PMDB). O tucano aparece com 43,6% das intenções de voto. Apesar da distância para o rival, o peemedebista mais que dobrou o percentual obtido na pesquisa.

Os índices da sondagem estimulada mostram que Josué Alencar conquista parte das intenções de voto dos indecisos e dos que pretendiam anular o voto. Na consulta divulgada em 29 de agosto, Josué tinha 6,5% da preferência do eleitorado. Em pouco menos de um mês, ele saltou para 14,7%. Na consulta feita no fim de agosto, os que não sabiam em quem votar e os indecisos somavam 31,7%. Os que pretendem anular a escolha na urna chegavam a 11,1%. Neste mês, o número de indeciso baixou para 26%, e os que vão anular o voto somam 7,6%. A primeira sondagem após o início oficial da campanha, realizada em 8 de agosto, mostrou Josué Alencar com 5,9%, ou seja, o filho do ex-vice-presidente da República José Alencar só subiu na preferência do eleitorado. No entanto, faltando 17 dias para o pleito, Josué não ameaça Anastasia. A consulta imediatamente anterior mostrou o tucano com 43,3%. Hoje ele aparece com 43,6%. Anastasia alcançou seu maior percentual de intenções de voto na pesquisa divulgada no dia 8 de agosto: 46,4%. A candidata ao Senado pelo PSB, Margarida Vieira, assim como o cabeça de chapa dos socialistas, Tarcísio Delgado, não conseguiu absorver a influência da presidenciável Marina Silva (PSB) em intenções de votos. Margarida subiu, desde agosto, 0,5 ponto percentual, no entanto alcançou apenas 1,4% da preferência do eleitor. Ela não conseguiu superar a marca alcançada em 8 de agosto, quando atingiu 1,8%. Hoje a socialista está atrás de José Tarcísio dos Santos (PSDC), que chegou a 1,6%. O candidato Edilson Nascimento (PTdoB) registrou 0,8%. Pablo Lima (PCB) alcançou 0,6%, e Geraldo Batata (PSTU), 0,4%. Espontânea. Na modalidade espontânea – quando não são ditos ao eleitor os nomes dos candidatos –, o maior registro é daqueles que não sabem em que votar: 46%. Entre os nomes citados, o mais lembrado é o de Anastasia: 18,9%. O levantamento ainda mostra que 17,6% das pessoas ainda não conhecem os postulantes ao Senado. O índice é maior do que o daqueles que pretendem votar em Josué Alencar. Ele foi citado por 7,5% das pessoas. Já 5,9% dos entrevistados afirmam que não vão votar em nenhum candidato. Todos. A consulta analisou o nível de rejeição dos candidatos. A maior parte dos postulantes, 22,7%, afirma não ter rejeição a nenhum deles. Antonio Anastasia aparece como o mais rejeitado. No total, 10,4% afirmam que não votam no tucano. Josué Alencar é rejeitado por 3,7% das pessoas que foram questionadas. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave