Minas vence e complica a UFJF no Campeonato Mineiro de Vôlei

Equipe minastenista se firmou na vice-liderança do torneio, com vitória de 3 sets a 1, parciais de 25/18, 25/15, 22/25 e 25/21

iG Minas Gerais | DIEGO COSTA |

ESPORTES : MARIANA - MG - ARENA MARIANA - CAMPEONATO MINEIRO DE VOLEI 2014. MINAS X UFJF.
FOTO : JOAO GODINHO / O TEMPO 18.09.2014
JOAO GODINHO / O TEMPO
ESPORTES : MARIANA - MG - ARENA MARIANA - CAMPEONATO MINEIRO DE VOLEI 2014. MINAS X UFJF. FOTO : JOAO GODINHO / O TEMPO 18.09.2014

Na Arena Mariana, Minas e UFJF entraram em quadra com objetivos distintos. Enquanto o time da capital mirava a vitória para se firmar na vice-liderança do Estadual, a equipe de Juiz de Fora, em penúltimo lugar, ainda não havia pontuado na competição. Após um começo esmagador, os minastenistas fecharam o duelo em 3 sets a 1 (25/18, 25/15, 22/25 e 25/21). No início da partida, o oposto Bérgamo começou com tudo. Já o Minas explorou demais o jogo com o oposto Franco. Na parada do primeiro tempo técnico, a UFJF vencia por 8 a 7. Mas a conversa do técnico Nery Tambeiro surtiu efeito. Com melhora do desempenho do bloqueio e se aproveitando dos erros do adversário, na virada para o segundo tempo técnico já vencia por 16 a 11. A partir daí, foi somente administrar a vantagem e fechar em 25 a 18 a primeira parcial. O segundo set começou com mudanças pelo lado da UFJF, Ninão e Sérgio entraram no jogo. A equipe até conseguiu certo equilíbrio no confronto, mas não conseguiu quebrar a defesa do Minas, que seguiu contando com a noite inspirada de Felipe, que continuou distribuindo a bola com tranquilidade. Do outro lado, o time do interior mineiro não conseguia fugir do bloqueio da equipe da capital. Novamente, a vantagem foi sendo construída com relativa tranquilidade. Um elástico 17 a 10 já encaminhava a vitória minastenista. Na base da vibração, ainda tentaram reagir, mas a vitória foi mesmo do Minas Tênis Clube, que fechou o set em 25 a 15. No terceiro set, a UFJF aumentou o ritmo, na tentativa de se manter vivo no jogo. Começou muito bem, chegando a abrir uma vantagem de cinco pontos no placar. Os sucessivos erros mudaram de lado. O técnico Nery Tambeiro ainda tentou acordar os seus comandados quando o jogo ainda estava 16 a 10. Acabou dando certo. O Minas encostou no placar, chegando a 20 a 17. Mas um ataque para fora de Canuto, em seguida, foi determinante para a vitória do time comandando por Chiquita, pois freou a recuperação minastenista. O mais disputado set da partida terminou com o triunfo do clube do interior, que venceu por 25 a 22. A história da quarta parcial foi uma sequência do terceiro. O ritmo forte da UFJF contra um Minas Tênis Clube que não conseguia mais virar a bola com a facilidade dos dois primeiros sets. Era a vez de o levantador Fábio. O bloqueio de Juiz de Fora cresceu. Os minastenistas sentiram. Os ponteiros Sérgio e Manius se aproveitaram disso. Do outro lado, o Minas foi diminuindo os erros aos poucos, Felipe voltou a distribuir bem o jogo, o que deixou a parcial disputada ponto a ponto. Mas com uma sequência de falhas da equipe de Chiquita, o Minas fechou em 25 a 21, e o jogo por 3 sets a 1. O técnico Nery Tambeiro reconheceu a oscilação da equipe no duelo desta quinta, mas elogiou o desempenho do time. "Não podemos esquecer que do outro lado havia atletas experientes, e o nosso time é jovem e vai oscilar nas partidas. Mas mesmo assim mostramos força, o time reagiu. Houve uma evolução em relação à primeira partida aqui em Mariana, que foi contra o Sada Cruzeiro. Viemos em busca dos pontos para ficar em segundo e fugir do Sada, por isso foi um importante resultado", destacou. Já Chiquita, ressaltou a reação do time na terceira parcial. "No terceiro set, conseguimos fazer algo melhor. Mas nós ainda temos muitas dificuldades por causa de lesões, a equipe ainda está se encaixando. Estávamos bem no quarto set, mas acabamos tendo uma sucessão de falhas que foi crucial", concluiu. 

Leia tudo sobre: minasufjfvoleicampeonato mineiromariana