Meio Lima, meio Tiradentes

Com foco no Brasil, a esperada primeira edição do festival Fartura traz 80 espaços de vendas de comidas e bebidas, de 70 chefs e produtores de 14 Estados do país, além de aulas gratuitas e degustações

iG Minas Gerais | Lygia Calil |

O carioca Thomas Troisgros é um dos destaques do evento voltado aos ingredientes brasileiros
FERNANDA CARVALHO
O carioca Thomas Troisgros é um dos destaques do evento voltado aos ingredientes brasileiros

Nos próximos dias 27 e 28, a vocação gastronômica de Belo Horizonte será, novamente, posta em evidência. Neste ano, a capital já foi palco de eventos como o Gastronomia na Praça e o Aproxima, que trouxeram o tema da comida de rua e da valorização de ingredientes e chefs à baila. A eles, se junta o festival Fartura, que será montado na praça José Mendes Júnior, no bairro Funcionários.

Fruto de um trabalho de cinco anos da equipe que promove o festival Cultura e Gastronomia Tiradentes, tendo à frente o empresário Rodrigo Ferraz e o jornalista Rusty Marcellini, o evento tem foco no Brasil. Começou com uma expedição gastronômica que já rodou 16 Estados no país, em busca de ingredientes, produtores e chefs.

“O que quisemos foi trazer todo esse conteúdo para Belo Horizonte, condensando várias iniciativas em um evento só. Tenho orgulho de falar sobre esse projeto porque é uma coisa que não existe no Brasil. A pesquisa que fazemos não é pelo Google, vamos a campo, conhecemos, experimentamos”, diz Rodrigo Ferraz. Já para Marcellini, a importância é “trazer um Brasil ainda desconhecido para os próprios brasileiros”.

Inspirada na feira peruana Mistura (que colocou Lima no mapa-múndi da gastronomia), a primeira edição chega com 80 espaços para a venda de comidas e bebidas, trazendo 70 chefs e produtores de todo o país. Para a linha de frente do evento, foram convidados chefs jovens, que trazem no currículo um olhar voltado para os ingredientes brasileiros. A programação conta, ainda, com degustações e aulas gratuitas de culinária.

Abrindo espaço também para petiscos e lanches tradicionais, o evento vai servir quitutes como o fígado com jiló do Casa Cheia, o pastel de angu da Dona Lucinha e a coxinha de frango do Léo Coxinha. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave