No rádio, Aécio exalta crescimento em pesquisa e alfineta Marina

Tucano provoca a adversária Marina Silva (PSB) e os militantes da Rede - partido criado pela candidata e ainda não oficializado pela Justiça Eleitoral

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

PSDB/DIVULGAçãO
"Se não sabia não deve governar mais por absoluta incapacidade", diz Aécio

O candidato à Presidência pelo PSDB, Aécio Neves, exaltou o crescimento na última pesquisa Ibope no horário eleitoral desta quinta-feira (18). Nas novas falas do tucano, ele também provoca a adversária Marina Silva (PSB) e os militantes da Rede --partido criado pela candidata e ainda não oficializado pela Justiça Eleitoral--, os "sonháticos".

"Sonhar todo mundo sonha. Agora eu quero ver transformar o sonho em realidade", afirmou Aécio, na propaganda matutina de rádio.

Na peça, um locutor diz que "quem pode enfrentar de frente a Dilma no segundo turno é o Aécio, como diz o povo". Em seguida, o candidato afirma que um concorrente ao Planalto "não deve ser julgado apenas por aquilo que promete", mas "principalmente por aquilo que fez".

"Até porque, se promessa resolvesse alguma coisa, o Brasil estava bem melhor", acrescentou. A estratégia da campanha do tucano é minimizar a força do chamado "voto útil" que, eles acreditam, ainda favorecem Marina nas pesquisas de intenção de voto.

O último levantamento do instituto mostrou uma recuperação de quatro pontos percentuais nas intenções de voto do tucano, que saiu de 15% para 19%. A presidente Dilma Rousseff (PT) tem 36% e a pessebista, 30%.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave