Santos faz jogo de risco e de reencontros contra Grêmio

Confronto também marca o retorno de Enderson Moreira à Porto Alegre, desde que foi demitido do Tricolor Gaúcho, em julho deste ano

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Enderson Moreira assume com a missão de dar um novo ânimo aos Meninos da Vila
Santos/Divulgação
Enderson Moreira assume com a missão de dar um novo ânimo aos Meninos da Vila

Grêmio e Santos fazem um jogo de alta tensão e de reencontros, nesta quinta-feira, às 20h30, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, pela 22.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Aranha volta ao estádio, onde há 21 dias sofreu injúrias racistas, sendo xingado de macaco e negro fedido, e não sabe que tipo de tratamento vai receber da torcida adversária.

O técnico Enderson Moreira, demitido em 28 de julho após a derrota do time gremista contra o Coritiba, na Arena Grêmio, vai rever os seus ex-comandados. A partida é considerada de grande importância pelo Grêmio, que entra no G4 se vencer e o Corinthians tropeçar contra a Chapecoense, no estádio Itaquerão, em São Paulo.

"Nunca trago nada do que passou e tenho a cabeça firme sobre o que quero de projeção. O que ficou para trás ficou. Defendo o Santos e quero a vitória para somar três pontos na busca de uma boa classificação. O Santos está em ascensão e queremos competir", disse Enderson Moreira, na entrevista coletiva desta quarta. O treinador considera relativa a importância dele conhecer bem todos os jogadores que estarão do outro lado. "Com a chegada de um novo treinador (Luiz Felipe Scolari), muita coisa mudou".

Enderson Moreira mandou um dos seus auxiliares "espionar" o jogo do Grêmio contra o Atlético Mineiro, em Belo Horizonte, na rodada passada, e assistiu atentamente ao vídeo da vitória por 2 a 0 do Santos no último dia 28, pela Copa do Brasil, para fazer comparações e tirar conclusões.

Embora o Santos seja visitante no jogo desta quinta, ele vai armar o time no esquema 4-3-3 como se fosse um confronto na Vila Belmiro. Sem Mena (sentiu um novo incômodo muscular na coxa direita), Alison (suspenso pelo terceiro cartão amarelo) e Thiago Ribeiro (faz tratamento para se recuperar de uma pancada nas costas), Enderson Moreira mantém Zé Carlos na lateral esquerda, escolheu Souza para ser o segundo volante e Gabriel será o atacante pela direita, com Leandro Damião centralizado e Robinho na esquerda.

Rildo discutiu com Enderson Moreira nos vestiários depois do jogo contra o Coritiba, no último sábado, na Vila Belmiro, foi punido com dois dias de afastamento e nesta quarta reapareceu no campo para se desculpar com o grupo, reunido no centro do gramado pelo treinador. O discurso dele foi aplaudido pelos companheiros, mas o atacante não viajou com o time para Porto Alegre.

Leia tudo sobre: santosgremiocampeonato brasileiroaranharacismo