Vacina contra ebola não gerou efeitos adversos

Diretor de instituição norte-americana apresentou resultados positivos obtidos em testes

iG Minas Gerais |

Mulher passa por uma suposta vítima do vírus ebola, na Libéria
Abbas Dulleh
Mulher passa por uma suposta vítima do vírus ebola, na Libéria

Washington, EUA. Mais de sete meses depois da explosão do surto de ebola na África Ocidental, potenciais medicamentos contra o vírus começam a gerar resultados positivos em laboratório.

O diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos, Anthony Fauci, anunciou anteontem que o primeiro teste clínico de uma vacina no país não provocou reações adversas em pacientes.

Desde fevereiro, a doença já causou a morte de mais de 2.461 pessoas em 4.985 casos, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). Os países mais afetados são Libéria, Guiné e Serra Leoa.

Voluntários. A ex-enfermeira britânica Ruth Atkins se tornou a primeira pessoa do Reino Unido a receber uma vacina experimental contra o vírus ebola. A voluntária vacinada ontem é a primeira de 60 pacientes britânicos saudáveis que vão receber o medicamento até o final de 2014.

Perdas de quase US$ 2 bilhões Washington. Em um novo relatório publicado ontem, o Bando Mundial alerta que a epidemia de ebola pode gerar, até 2015, perdas de quase US$ 2 bilhões (R$ 4,6 bilhões) nos três países africanos mais afetados pelo vírus e ter um efeito “catastrófico” nestas já frágeis economias. O documento afirma que, se a epidemia não for contida, o impacto econômico negativo no próximo ano pode ser oito vezes maior do que se ela for controlada. “O principal custo dessa epidemia trágica está na perda de vidas e no sofrimento causado, mas nosso estudo mostra que, o quanto antes agirmos e conseguir reduzir os níveis de medo e incerteza, menor será o impacto econômico”, disse Jim Yong Kim, presidente do Banco Mundial. As economias de Guiné, da Libéria e de Serra Leoa já terão uma perda de US$ 359 milhões (R$ 807,7 milhões) em 2014.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave