Levir diz que oscilações dificultam definição de objetivo

Treinador ressalta impostância de uma série de vitórias para o time ganhar motivação e chegar ao G-4 o mais rápido possível

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Levir Culpi se mostrou surpreso com convite inesperado do dirigente atleticano
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Levir Culpi se mostrou surpreso com convite inesperado do dirigente atleticano

O Campeonato Brasileiro chegou à sua 22ª rodada e o Atlético segue oscilando. A perda de pontos preciosos dentro de casa e a irregularidade como visitante fez com que o time ficasse fora do G-4. É até difícil definir pelo que o time irá brigar: se por título, vaga na Libertadores ou simplesmente um lugar na Copa Sul-Americana.

O próprio técnico Levir Culpi diz que o time precisa abrir o olho e engrenar neste segundo turno se ainda quiser sonhar pelo topo da classificação.

“É difícil a gente definir o objetivo, porque a gente está oscilando muito. O Atlético tem que brigar por Libertadores, entre os primeiros. E no futebol brasileiro, os times se desestabilizam muito rapidamente. Da mesma forma que se mobilizam rapidamente com duas ou três vitórias. Então, ainda pode acontecer uma surpresa”, declarou o comandante.

O início da tão sonhada série de vitórias rumo aos primeiros lugares da competição pode ser nesta quinta-feira, contra o Goiás, em partida que começa às 19h30, no Serrada Dourada.

“Jogo aqui (em Goiânia) é sempre difícil. Temos condição de fazer um bom jogo diante do Goiás. Ainda temos um papo com os atletas e depois vou definir a equipe”, afirmou Levir.

Leia tudo sobre: AtleticoGaloLevir Culpi