Após arrastão, show gratuito que aconteceria na praça do Papa é adiado

O evento teria sido adiado para "garantir a segurança dos convidados no local"; a nova data ainda não foi divulgada pela empresa

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Cidades - Belo Horizonte - MG 
Um encontro entre adolescentes marcado pelas redes sociais terminou em confusao na Praca do Papa , Bairro Mangabeiras , Regiao Centro - Sul de Belo Horizonte MG . Cerca de 10 mil jovens estavam no local quando comecou um arrastao . A praca e imediacoes amanheceram sujas com copos descartaveis , garrafas e outros residuos , alem de forte odor de urina .  
Foto: Alex de  Jesus / O Tempo 15/09/2014
Alex de Jesus / O Tempo
Cidades - Belo Horizonte - MG Um encontro entre adolescentes marcado pelas redes sociais terminou em confusao na Praca do Papa , Bairro Mangabeiras , Regiao Centro - Sul de Belo Horizonte MG . Cerca de 10 mil jovens estavam no local quando comecou um arrastao . A praca e imediacoes amanheceram sujas com copos descartaveis , garrafas e outros residuos , alem de forte odor de urina . Foto: Alex de Jesus / O Tempo 15/09/2014

A confusão ocorrida no último domingo (14) na praça do Papa, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, acabou levando ao adiamento do evento "Momentos Aymoré", que estava programado para acontecer no próximo domingo (21). A informação foi divulgada pela assessoria da marca de biscoitos Aymoré, que pertence ao grupo Arcor, nesta quarta-feira (17), sob argumento de garantir a segurança dos convidados no local.

O evento, que seria de entrada gratuita, contaria com apresentações da Happy Feet Jazz Band, Chico Amaral Quarteto e João Bosco e Dudu Lima. A festa marca a comemoração de 90 anos da marca de biscoitos. 

Ainda de acordo com a empresa, o objetivo  do evento é preservar a tradição do povo mineiro e ampliar o acesso à cultura local. O “Momentos Aymoré” é um programa de investimentos em apoio às expressões artísticas da região que propicia a inovação na produção cultural. "A proposta de curadoria da marca no gênero musical é uma iniciativa relacionada à Lei de Incentivo à Cultura do Estado de Minas Gerais", afirmava a nota divulgada. A nova data para realização do evento será divulgada pela empresa nos próximos dias. 

Arrastão

Na tarde do último domingo, milhares de adolescentes e jovens se reuniram na praça para um evento marcado pelo Facebook, denominado "Of Colors Neon". Porém, durante o encontro, houve arrastão, agressão e muita correria. Uma adolescente que estava no local contou à reportagem de O TEMPO que o tumulto começou por volta de 18h e que a polícia chegou ao local atirando bombas e balas de borracha.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), apesar da corporação ter recebido vários chamados informando sobre roubo de celulares e correntinhas de ouro, nenhum boletim de ocorrência havia sido formalmente registrado. A praça do Papa ficou com muita sujeira e algumas pichações no início da noite, quando havia poucas pessoas no local, que se esvaziou com corre-corre e tumulto. Segundo a PM, o evento não era oficial e não tinha registro, por isso, não contava com reforço no policiamento.

Vários relatos de atos de vandalismo, assaltos e brigas tomaram conta das redes sociais. "Me senti em um ataque terrorista", escreveu um dos convidados na página oficial do evento no Facebook. "Tudo tranquilo no começo, gente bacana, povo se divertindo e tal. Aí chegam AQUELES que vocês sabem quem são; primeiro começaram a cantarolar um nome de gangue e jogar garrafa pra cima, depois começaram as brigas e roubo de celular. Vi roubando dois celulares na minha frente. Mais uma vez, AQUELAS mesmas pessoas estragam mais um evento cultural em BH. Sempre aquelas mesmas pessoas", escreveu outro internauta. A página do evento no Facebook foi retirada do ar no mesmo dia.