Suspeitos de duplo homicídio em Contagem são apresentados pela polícia

Eles foram presos em uma blitz porque tinham mandado de prisão por tráfico de drogas, e durante as investigações, foram apontados por um crime ocorrido em maio deste ano

iG Minas Gerais | JHONNY CAZETTA |

Mais de cinco meses depois, desde que dois homens foram assassinados quando estavam em um carro, no bairro JK, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, o crime foi solucionado. Os responsáveis pelas mortes foram apresentados pela Polícia Civil nesta quarta-feira (17), no Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Segundo a delegada Flávia Grossi, que estava a frente das investigações, G.F.S., de 25 anos, e J.P.F.N.S., de 28, mataram Warley Santana de Oliveira, de 32 anos, e Daniel Lucas de Oliveira, de 19, por vingança.

Vítimas e suspeitos faziam parte de gangues rivais que brigavam por causa do ponto de tráfico de drogas. Warley e Daniel estavam sendo investigados pela morte de Gabriel Ferreira e Mateus Henrique de Araújo, que faziam parte da quadrilha rival. Neste caso, as vítimas haviam sido mortas no dia 12 de abril, pouco antes de Warley e Daniel, os supostos executores, também serem assassinados no dia 2 de maio.

Ainda de acordo com a delegada, os suspeitos alegaram que eram ameaçados de morte pelas vítimas.

Os suspeitos chegaram em um Doblô no dia de crime e começaram a atirar em um Fiat Strada branco, no qual estavam Warley e Daniel, na rua Marechal Castelo Branco. Daniel chegou a descer do carro e tentou correr, mas foi atingido. O veículo desceu a rua de ré e atingiu a grade de uma empresa. Já Warley, que estava no banco do passageiro, foi baleado dentro do carro.

G.F. e J.P. foram presos em junho, durante uma blitz em Contagem, no bairro Eldorado, já que tinham mandado de prisão por tráfico. Foi assim que a polícia passou a investigá-los e conclui o inquérito. Eles irão responder por duplo homicídio, sendo os qualificadores impossibilidade de defesa das vítimas e tentativa de esconder o crime. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave