Experimentalismo em 15 minutos

Festival de Cenas Curtas chega à 15ª edição e consolida sua vocação de experimentação em linguagens teatrais

iG Minas Gerais | gustavo rocha |

Bonecos, cena de “Denunciados pela Linguagem”
eduardo campos/divulgação
Bonecos, cena de “Denunciados pela Linguagem”

De vestido rosa, laço de fita no cabelo e passos de valsa, o Festival de Cenas Curtas – um dos projetos mais antigos do Galpão Cine Horto – chega aos 15 anos de vida. Mas ao contrário da tradição dos bailes de debutantes, em que as jovens moças eram apresentadas à sociedade como uma marca da passagem para a fase adulta, o Festival já chegou à maioridade bem antes e deixou de ser referência apenas para artistas da cidade e se transformou em uma espécie de encontro nacional da produção do gênero – cenas de até 15 minutos – no país.

A mostra competitiva de cenas, quatro por dia, começa amanhã. “Geralmente, o que avaliamos é o risco que aquele projeto representa na trajetória desse ou daquele artista. Se ele se propõe a fazer uma função diferente da que costuma fazer, se há uma pesquisa de linguagem”, comenta Leonardo Lessa, coordenador geral do Galpão Cine Horto. “Este ano teremos a Wilma Henriques, conhecida por seu trabalho de atriz, assumindo uma direção. Isso é um risco”, brinca. Para ele, não é apenas quem faz a cena que se arrisca, mas também o espaço. “Nós assumimos o risco também, até de dar errado. Damos a cara a tapa. Somos um dos primeiros espaços da cidade a fazer isso. O Festival pode surpreender para o bem ou para o mal”, comenta.

Com o passar do tempo, para quem vê de fora o Festival pode ter se transformado em uma instância exclusiva para alguns artistas que gravitam em torno do Galpão Cine Horto e que, invariavelmente, tem seus nomes associados às cenas aprovadas. A repetição dessas “figurinhas carimbadas” parece não incomodar a comissão que seleciona as cenas. “Os artistas entendem e dialogam com os princípios do próprio Festival. O Cenas Curtas não pode renegar o que ele provoca na cidade. Quando chegam essas provocações de artistas que foram motivados por nós mesmos, não podemos virar as costas para eles”, pontua Lessa.

Regras. Lessa é presidente da comissão julgadora dos projetos, que se divide em duas funções: avaliar e selecionar as propostas encaminhadas – somente neste ano, foram 165 propostas inscritas de 16 Estados brasileiros, das cinco regiões do país e ainda uma proposta oriunda da França – e examinar as cenas apresentadas e selecionadas. A escolha das cenas vencedoras, a cada noite, é pelo voto do público, mas à comissão cabe a prerrogativa de selecionar uma quinta cena, que tenha “passado batido”. “O Cenas Curtas atingiu um nível muito alto, porque recebemos propostas de gente de todo o país. O Festival ficou pequeno, nós não damos conta da demanda que nos é apresentada. Às vezes, temos a impressão que poderíamos fazer duas ou três edições do evento com a quantidade de propostas que recebemos”, avalia ele.

Cena espetáculo. Embora, já tenha se criado um circuito no país para apresentação de cenas curtas – com festivais no Rio de janeiro, Curitiba, Manaus, Santos – ainda existe a expectativa que o trabalho se prolongue e se transforme em um espetáculo “longo”. O caso mais emblemático dessa extensão é a primeira peça do Espanca!, “Por Elise”, que nasceu como uma cena curta. “Nós queremos que os artistas invistam nesse formato de 15 minutos e nas suas potências”, ressalta Lessa.

Para pesquisas que vão gerar uma peça teatral, há seis anos, o Galpão Cine Horto lançou o Cena Espetáculo, que escolhe uma proposta, dentre as inscritas, que apresentará, algumas vezes, o desenvolvimento do seu trabalho para uma comissão julgadora. Essas propostas são encaminhadas para um edital específico.

Hoje, antes das cenas curtas, o público poderá ver as quatro finalistas do Cena Espetáculo.

Este ano, as quatro concorrentes são: “Calor na Bacurinha”, “Rosa Choque”, “Lady Macaxeira” e “Atentados”. A selecionada contará com aporte financeiro, espaço físico para ensaios e divulgação e produção do Galpão Cine Horto.

Cenas Curtas

165 cenas inscritas, 16 selecionadas para a mostra competitiva e 4 ou 5 passam para a semana das vencedoras

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave