Ladrão é pego com a mão na massa

Suspeito, que já tem passagem por roubo, foi dominado após invadir residência

iG Minas Gerais | EVANDRO TELES |

Suspeito natural do Rio de Janeiro já havia sido preso pelo mesmo crime
FOTO: JOAO LEUS / OTEMPO
Suspeito natural do Rio de Janeiro já havia sido preso pelo mesmo crime

Um homem de 37 anos, que já tinha passagem por roubo à mão armada e furto, foi dominado por um casal no início da madrugada de ontem, após invadir uma residência no bairro Jardim Petrópolis, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte.

“O proprietário disse ter se assustado com o latido de seus cachorros e foi verificar o que estava acontecendo. No segundo piso do imóvel ele encontrou o suspeito Marcelo Ramalho dos Santos, que a princípio afirmou estar ali para pedir água, mas logo depois começou a agredir o dono da residência. Com a ajuda da esposa, a vítima conseguiu imobilizar o ladrão, que, com ajuda de um parceiro, já havia furtado várias peças de roupas e edredons”, afirmou um dos policiais militares que atenderam a ocorrência.

Feridos

Segundo o delegado de plantão, Tito Barichello, tanto a vítima quanto o suspeito sofreram ferimentos leves e foram atendidos em uma Unidade de Atendimento Imediato (UAI) antes de serem conduzidos à delegacia.

“Eles entraram em luta corporal, e, felizmente, pelo fato de o autor não estar armado, não houve um ocorrência mais grave, e ambos sofreram apenas escoriações pelo corpo. Caso seja condenado, ele pode pegar de quatro a dez anos de prisão, já que ocorreu uma tentativa de furto com agressão”.

 

Dica

O delegado de plantão de Betim, Tito Barichello, disse que nenhuma vítima deve reagir a uma tentativa de roubo. “O marginal não tem nada a perder. Trata-se de um elemento perigoso, que já foi preso antes por roubo à mão armada. Se estivesse armado, agora, poderia ter ocorrido uma tragédia”, concluiu. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave