Diretoria do América dará entrevista nesta 3ª para falar de punição

Dirigentes já adiantaram que pretende entrar com um efeito suspensivo e podem até mesmo recorrer à Fifa

iG Minas Gerais | ANTÔNIO ANDERSON |

EMMANUEL PINHEIRO/OTEMPO
undefined

A diretoria do América convocou para às 18h30 desta terça-feira, na sala de imprensa da Arena Independência, uma coletiva para falar sobre a perda dos 21 pontos imposta ao clube pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) referente a utilização irregular do lateral-esquerdo Eduardo na Série B do Campeonato Brasileiro.

Após o julgamento nessa segunda-feira, o clube considerou a punição injusta e já adiantou em uma nota oficial que pretende recorrer ao Pleno do STJD para reverter a pena. A ideia é de interpor imediatamente um pedido de efeito suspensivo, e o América não descarta até mesmo levar o caso à Fifa.

Na manhã desta terça-feira, em entrevista por telefone ao programa "Redação SporTV", o advogado e integrante do Conselho de Administração do América, Paulo Lasmar, declarou que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) tem responsabilidade no caso que terminou com a perda de 21 pontos do clube.

O dirigente declarou que a entidade deixou de informar a irregularidade do atleta e que o artigo 49 do Regulamento Geral das Competições, no qual o América foi punido, está em consonância com a Fifa, o que permitiria que o jogador pudesse defender dois times em um mesmo campeonato. Paulo Lasmar destacou que a CBF deveria ter apontado a irregularidade logo na primeira partida em que o atleta foi relacionado na súmula.

“Essa atitude evitaria o efeito cascata, em que o Eduardo foi relacionado em quatro partidas e atuou por uma delas”, declarou o dirigente. Com a perda dos 21 pontos, o América caiu do oitavo para o último lugar na tabela de classificação da Série B do Campeonato Mineiro e agora está bastante ameaçado pelo rebaixamento.

Manifestação. Inconformados com a punição imposta ao América e querendo saber de quem foi a responsabilidade por não perceber que o lateral-esquerdo Eduardo não tinha condições de atuar pelo clube na Série B, a torcida do América está organizando para às 18h desta terça-feira uma manifestação na porta do Boulevard Shopping, onde fica localizada a sede administrativa do clube.