Estados Unidos fazem primeiro ataque ao Estado Islâmico

Os ataques destruíram seis veículos do EI perto de Sinjar e uma posição estratégica a sudoeste de Bagdá, que abria fogo sobre as forças iraquianas

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Os Estados Unidos atacaram pela primeira vez posições do Estado Islâmico (EI) perto de Bagdá, desde que lançaram, há um mês, campanha aérea contra os militantes islamitas. A informação foi inicialmente divulgada por uma fonte anônima e, mais tarde, confirmada pelo Exército norte-americano.

“O ataque aéreo a sudoeste de Bagdá foi o primeiro a fazer parte dos nossos esforços adicionais, que vão além da proteção do nosso pessoal e das missões humanitárias. O objetivo é atingir alvos do Estado Islâmico, no momento em que as forças iraquianas estão atacando, como foi definido pelo presidente em discurso”, informou o Exército em comunicado.

Os ataques destruíram seis veículos do EI perto de Sinjar e uma posição estratégica a sudoeste de Bagdá, que abria fogo sobre as forças iraquianas. Essas investidas elevam o número de ataques aéreos no Iraque para 162.

Os Estados Unidos começaram, no mês passado, a lançar ataques aéreos contra as posições do Estado Islâmico no Norte do Iraque, mas o anúncio dessa segunda-feira (15), de que a campanha tinha atingido os jihadistas perto da capital, marca uma escalada no âmbito da missão.

O ataque ocorre menos de uma semana depois de o presidente norte-americano, Barack Obama, ter ordenado uma guerra “implacável” contra o Estado Islâmico, em anúncio feito à nação.

Leia tudo sobre: Estado IslâmicoconflitoEUAIraqueIslãMundoAtaque aéreoEstados Unidosrebeldesreligiosos