Um templo para chamar de seu

Localizado na Serra, região Centro-Sul, espaço oferece práticas e rituais

iG Minas Gerais | Ana Elizabeth Diniz |

Meditação. O Templo Zen das Alterosas oferece regularmente diversas práticas como meditação, cerimônias especiais e ginástica
Raphael Campos
Meditação. O Templo Zen das Alterosas oferece regularmente diversas práticas como meditação, cerimônias especiais e ginástica

O nome e o local escolhidos não poderiam ser mais apropriados para o primeiro templo zen budista de Belo Horizonte que funciona desde 2012, lá no alto da Serra, na região Centro-Sul, oferecendo práticas e cerimônias para leigos, simpatizantes e aqueles que desejam trilhar o caminho dos monges.

O Templo Zen das Alterosas reflete as montanhas e o perfil da capital mineira e do Estado das Minas Gerais e em japonês recebe o nome de Tenmokuzan Kogakuzenji que significa “Montanha do Silêncio Templo Zen das Montanhas Altas”. 

O templo, que será inaugurado no dia 20, é resultado da persistência, dedicação e do sonho de José Costa, 61, – que foi ordenado como monge Mokugen Sensei – juntamente com o esforço e a perseverança dos monges, praticantes e amigos.

Após 22 anos de esmerado treinamento e preparação no Japão, Mokugen retornou ao Brasil como missionário da escola Soto Zen, com a missão de transmitir aos brasileiros o autêntico espírito do zen budismo. A escola Soto Zen foi fundada no século XIII e é mundialmente reconhecida como autêntica escola de transmissão dos ensinamentos do zen budismo.

A inauguração contará com uma cerimônia oficial, que será dirigida por Dosho Saikawa Sokan, abade do Templo Hosen-ji em Yamagata-ken, Japão, e do Templo Busshinji em São Paulo.

“Esse é um momento muito auspicioso para todos nós, porque é o primeiro passo para a filiação do Templo Zen das Alterosas à escola Soto Zen e seu reconhecimento oficial”, comenta o abade Mokugen.

Futuro. Em meio aos preparativos que envolvem a cerimônia, ele considera que o Templo Zen das Alterosas vai se perpetuar para as gerações posteriores e passa a fazer parte do zen no Brasil, trazendo benefícios e felicidade para todos os seres. “Que o darma puro, uno e correto do mestre Dogen (fundador da Escola Soto Zen do Japão) seja o ensinamento central desse templo. Que todos possam retornar ao estado de não nascido e a cada instante viver a eternidade aqui e agora”, deseja.

Mokugen diz que “a luz do darma e a sabedoria budista são como o sol radiante que ilumina todos os corações humanos e todos os recantos do universo”. “O ensinamento é como um barco no rio que transporta todos os seres da margem da ilusão para a margem da iluminação”, aponta.

O abade Mokugen dedica a todos os seres os méritos dessa data: “Que haja prosperidade e que todos dentro do darma avancem no treinamento do caminho com os olhos da grande compaixão tão ampla como o oceano. Rogamos pela infinita felicidade e vida longa para todos os seres”.

AGENDA: A cerimônia de inauguração será no próximo dia 20, a partir das 10h, na rua Itaparica, 245, Serra. Para participar, é preciso fazer inscrição prévia e contribuir com R$ 100. Informações: (31) 3227-1334 e (31) 8716-2244. Para a programação, acesse www.zen.org.br

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave