Vasco oficializa saída de fornecedora de uniformes

Contrato com a Penalty se encerrou em julho e não foi renovado; empresa britânica Umbro será a nova parceira do clube carioca

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O Vasco anunciou oficialmente nesta segunda-feira que não vai mais utilizar os uniformes da Penalty, que forneceu material esportivo para o clube nos últimos seis anos. O contrato havia se encerrado no final de junho, mas os jogadores continuavam a utilizar peças da Penalty à espera da entrada de um novo fornecedor.

"O Vasco vem por meio desta agradecer à Penalty a parceria de quase seis anos enquanto fornecedora do material esportivo do clube. O Vasco reconhece a importância de seus parceiros e a Penalty foi uma aliada fundamental enquanto esteve conosco sempre honrando os acordos firmados", disse o clube, em comunicado, tentando amenizar as críticas que a Penalty tem recebido pela torcida.

As duas partes chegaram a negociar uma renovação, que não aconteceu. O Vasco já estaria certo com a Umbro, mas teria chegado a um acordo com a Penalty para continuar recebendo peças até o contrato com a empresa britânica passar a vigorar, o que vai acontecer em outubro. A Penalty, porém, teria parado o fornecimento de material.

O Vasco lembra, em nota, que o antigo patrocinador permitiu a quitação de uma dívida antiga. "Graças a esta parceria foi quitada uma dívida de quase 10 milhões de reais com a própria Penalty contraída em 1995. Temos certeza que a Penalty também sai desta relação agradecida ao Vasco, pois todos sabemos a dimensão que nosso clube tem", aponta a diretoria.

Leia tudo sobre: penaltyvasco