Político mexicano pede desculpas a Ronaldinho Gaúcho por racismo

Carlos Trevino Núñez usou o Twitter para se retratar com o craque brasileiro e com o Querétaro

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Brazil's Ronaldinho dons his new Queretaro soccer club jersey at a press conference in Mexico City, Friday, Sept. 12, 2014. Mexican first-division club Queretaro signed the former 34-year-old Brazil star, who had been without a club since leaving Brazil's Atletico Mineiro in July and had been negotiating with several clubs. The two-time FIFA world player of the year helped Atletico Mineiro win last year's Copa Libertadores for the first time. (AP Photo/Marco Ugarte)
AP
Brazil's Ronaldinho dons his new Queretaro soccer club jersey at a press conference in Mexico City, Friday, Sept. 12, 2014. Mexican first-division club Queretaro signed the former 34-year-old Brazil star, who had been without a club since leaving Brazil's Atletico Mineiro in July and had been negotiating with several clubs. The two-time FIFA world player of the year helped Atletico Mineiro win last year's Copa Libertadores for the first time. (AP Photo/Marco Ugarte)

Após fazer uma declaração polêmica sobre futebol e chamar Ronaldinho Gaúcho de “macaco” no Twitter, o político Carlos Trevino Núñez pediu desculpas a R49. O ex-secretário do Desenvolvimento Social de Querétaro (2006 a 2009) e integrante do Partido da Ação Nacional (PAN) usou a mesma rede social para se retratar com o jogador e também com o clube Querétaro, do México.

"Um pedido de desculpas sincero ao @ Club_Querétaro por causa da minha expressão lamentável. Como pessoa e jogador @ 10Ronaldinho tem o meu respeito. Eu ofereço um sincero pedido de desculpas @ 10Ronaldinho pela meu infeliz comentário. Eu assumo a responsabilidade por meus atos ", afirmou o político na sua conta no Twitter.

No último fim de semana, Núñez fez severas críticas ao futebol e à euforia dos mexicanos pela contratação de Gaúcho pelos Gallos Brancos. Em contrapartida, o Querétaro divulgou nota na manhã dessa segunda, dando apoio ao craque brasileiro e pedindo que autoridades  locais apliquem sanções ao político por suas declarações. 

"Depois da lamentável publicação realizada por uma pessoa de status público, o senhor Carlos Manuel Trevino Núñez, vertida através das redes sociais insultando nosso jogador Ronaldo de Assis Moreira 'Ronaldinho', exortamos as respectivas autoridades para que tomem ações no assunto e afirmamos que, como clube, chegaremos até as últimas consequências da lei para que estes tipos de expressões não voltem a afetar a algum de nossos jogadores e membros do clube", afirmou o time, em nota oficial.