Termina hoje prazo para substituição de candidatos

Esposas de concorrentes ao governo de Mato Grosso, Roraima e Distrito Federal entram na disputa

iG Minas Gerais | DANIEL POLCARO |

O prazo para a substituição de candidatos que tiveram o registro indeferido - até mesmo por inelegibilidade - terminam nesta segunda, 15, há 20 dias do primeiro turno. O prazo também vale para cassações, cancelamentos e renúncias. Em caso de falecimento, a troca poderá ainda ser solicitada até dez dias após o óbito.

Os candidatos a governador em Mato Grosso e Roraima considerados fichas-sujas, José Riva (PSD) e Neudo Campos (PP) respectivamente, desistiram da disputa e foram substituídos pelas esposas Janete Riva e Sueli Campos. Também enquadrado na Lei da Ficha Limpa, José Arruda (PR), que concorria ao mesmo cargo no Distrito Federal, deu lugar ao vice, Jofran Frejat. A mulher de Arruda, Flavia Perez, será vice.

Se o candidato que desistir da disputa pertencer a uma coligação, a troca deverá ser realizada por decisão da maioria absoluta dos órgãos executivos e de direção dos partidos aliados. Desde que a legenda que pertencia o candidato renuncie à vaga, o substituto pode ser filiado a qualquer partido da coligação.

Caso os dados dos candidatos já tenham sido inseridos no sistema das urnas eletrônicas, o substituto irá disputar com o nome, o número e a fotografia do antigo concorrente. 

Leia tudo sobre: eleiçõesvotação