Atriz Danièle Watts é algemada após ser confundida com prostituta

Watts disse, através de um post no Facebook, que os policiais a abordaram depois de ter beijado seu marido, Brian James Lucas, que é branco

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A atriz foi algemada e obrigada a entrar na viatura policial após negar mostrar seu documento de identidade aos policiais
Reprodução/Facebook
A atriz foi algemada e obrigada a entrar na viatura policial após negar mostrar seu documento de identidade aos policiais

A atriz Danièle Watts, que fez parte do elenco do filme “Django Livre”, afirmou ter sido algemada por dois policiais na última quinta-feira (14), em Los Angeles, nos Estados Unidos, após ter sido confundida com uma prostituta.

Watts disse, através de um post no Facebook, que os policiais a abordaram depois de ter beijado seu marido, Brian James Lucas, que é branco.

A atriz foi algemada e obrigada a entrar na viatura policial por negar mostrar seu documento de identidade aos policiais. “Estava sentada na traseira do carro policial, cheia de adrenalina, com meu pulso sangrando”, disse.

Watts foi liberada após as autoridades descobrirem quem tinham abordado. “Vou continuar a olhar qualquer ‘autoridade’ nos olhos sem medo. Nenhum policial ou autoridade do governo é mais poderoso do que eu. Somos iguais”, desabafou Watts.

Leia tudo sobre: preconceitoracismoDanièle WattsLos AngelesEstados UnidosAtrizpresaAlgemadaprostituta