Barco com cerca de 200 imigrantes afunda a caminho da Europa

"Havia um monte de corpos flutuando, mas a falta de recursos não nos permite recuperar os cadáveres", acrescentou a Marinha, ressaltando que pelo menos 200 pessoas estariam a bordo

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Imigrantes africanos desapareceram no mar nesse domingo (14), na costa da Líbia, quando o barco em que viajavam afundou, informou nesta segunda-feira (15) a Marinha líbia, acrescentando que já foram resgatadas 36 pessoas. Eles estavam a caminho da Europa.

"Havia um monte de corpos flutuando, mas a falta de recursos não nos permite recuperar os cadáveres, principalmente desde que foi ficando escuro ontem (domingo). A nossa prioridade é resgatar os sobreviventes”, acrescentou a Marinha, ressaltando que pelo menos 200 pessoas estariam a bordo.

A Líbia é um país de trânsito rumo à costa europeia para centenas de milhares de imigrantes, a maioria africanos, que tentam chegar à Europa por meio de uma perigosa viagem pelo Mar Mediterrâneo para Malta ou para a Ilha de Lampedusa, no Sul da Sicília. Com a situação turbulenta por que passa a Líbia, o número de viagens de imigrantes líbios também tem aumentado nos últimos tempos.

Leia tudo sobre: imigrantesafricanoslíbiamundobarconaufrágioafundouacidentemarinha