Rodoviários cruzam os braços e impedem saída de ônibus do Barreiro

Segundo sindicato, paralisação é de 100% e atinge, pelo menos, nove linhas

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Usuários do transporte público da região do Barreiro, em Belo Horizonte, deve ter muita paciência na manhã desta segunda-feira (15). Motoristas e trocadores impedem a saída de ônibus da empresa Urca.

De acordo com o diretor de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores em Rodoviários de Belo Horizonte e Região (STTRBH), Carlos Henrique Marques, a paralisação é de 100% e afeta, pelo menos, nove linhas.

“Não depositaram o valor do fundo de garantia e do INSS dos rodoviários. Nesse domingo (14), alguns motoristas e trocadores tiveram uma jornada excessiva e trabalharam 12 horas”, explicou o diretor.

Ainda segunda ele, a empresa não respeita os funcionários e há assédio moral. “Queremos uma reunião com representantes da empresa. Caso contrário, a paralisação vai continuar”, disse Marques.

Viaturas do 41º Batalhão de Polícia Militar estão na porta da empresa, localizada na rua Flor de Pitangueira, no bairro Independência, e ainda não houve registro de ocorrências.

A reportagem de O TEMPO tentou contato com a Urca, mas nenhum responsável pela empresa foi encontrado para comentar o caso. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave