Em jogo de nove gols, Milan bate o Parma no Italiano

Na casa do adversário, Milan faz 5 a 4 e assume a liderança do Campeonato Italiano, empatado com Juventus e Roma, mas com vantagem no saldo de gols

iG Minas Gerais | Agencia Estado |

O número de gols fez com que o Milan assumisse a liderança na tabela
acmilan.com
O número de gols fez com que o Milan assumisse a liderança na tabela

Em jogo extremamente movimentado, o Milan derrotou o Parma neste domingo, mesmo atuando na casa do adversário, pela segunda rodada do Campeonato Italiano, por um resultado incomum: 5 a 4. O número de gols fez com que a equipe assumisse a liderança na tabela, com os mesmos seis pontos de Juventus e Roma, mas com vantagem nos gols marcados.

As três equipes somam duas vitórias e três gols de saldo, mas o Milan já marcou oito, contra três de Juventus e Roma. Domingo que vem, Milan e Juventus farão o clássico da rodada no Giuseppe Meazza. Já o Parma tem começo de campeonato preocupante, segue sem pontuar e tentará a recuperação domingo que vem contra o Chievo, em Verona.

Neste domingo, o Milan começou melhor e abriu o placar com um belo gol de Bonaventura. Ele aproveitou bola na área após boa jogada de Honda, cortou o marcador e bateu cruzado. Dois minutos depois, no entanto, saiu o empate. Após cruzamento da esquerda, Cassano subiu sozinho e tocou para marcar.

Mas o Milan voltou a atacar no fim do primeiro tempo e marcou duas vezes antes do intervalo. Aos 37 foi a vez de Honda aproveitar bola cruzada para tocar de cabeça. Aos 44, o árbitro deu pênalti polêmico sobre Menéz. O próprio francês foi para a bola e chutou firme no meio do gol para ampliar.

No início da segunda etapa, o brasileiro Felipe descontou para o Parma, que ainda ficou com um homem a mais em campo, com a expulsão de Bonera. Mas aos 24, quando os mandantes eram todo ataque, De Jong apertou a marcação no meio de campo, roubou a bola e arrancou sozinho para fazer o quarto.

Lucarelli descontou mais uma vez para o Parma, que igualou o número de jogadores com a expulsão de Felipe. Aos 34, Menéz voltou a deixar o Milan em situação confortável ao aproveitar erro da defesa adversária e marcar belo gol. Os donos da casa ainda assustaram uma última vez com o gol contra de De Sciglio, mas ficou nisso.

Leia tudo sobre: milanparma5 a 4campeonato italianogoleadaliderança