Federer vence e Suíça vai à final da Davis após 22 anos

Tenista terceiro colocado no ranking da ATP, derrotou neste domingo o italiano Fabio Fognini, o número 17 do mundo, por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/3 e 7/6 (7/4), marcando o terceiro ponto suíço no confronto

iG Minas Gerais | Agência Estado |

Na decisão, a Suíça terá pela frente a França, que será mandante no confronto entre os dias 21 e 23 de novembro.
Roger Federer Oficial/reprodução
Na decisão, a Suíça terá pela frente a França, que será mandante no confronto entre os dias 21 e 23 de novembro.

A Suíça voltará a disputar uma final da Copa Davis após 22 anos. Neste domingo, Roger Federer selou a classificação da sua equipe para a decisão definindo a vitória ao fazer 3 a 1 na série semifinal diante da Itália, disputada em Genebra em uma quadra rápida e coberta, lotada por 18 mil pessoas.

Federer, o terceiro colocado no ranking da ATP, derrotou neste domingo o italiano Fabio Fognini, o número 17 do mundo, por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/3 e 7/6 (7/4), em 1 hora e 59 minutos, marcando o terceiro ponto suíço no confronto.

Com a vitória, Federer melhorou o seu retrospecto diante de Fognini para 3 a 0, sem ter perdido sequer um set. Dessa vez, o suíço só encontrou dificuldades no terceiro. No primeiro, Federer conseguiu quebras de saque no sexto e oitavo games para fazer 6/2. Já no segundo, a quebra veio no oitavo game.

Em larga vantagem na partida, Federer precisou salvar quatro break points no terceiro set. A parcial, então, seguiu para o tie-break, quando ele triunfou e classificou a Suíça para a decisão da Copa Davis, um dos pouco títulos que não possui no seu currículo.

A Suíça nunca foi campeã da Copa Davis e perdeu a sua única final até a deste ano em 1992 para a equipe dos Estados Unidos, que contava com Andre Agassi, Jim Courier, John McEnroe e Pete Sampras - na semifinal, os suíços haviam eliminado o Brasil.

Na decisão, a Suíça terá pela frente a França, que será mandante no confronto entre os dias 21 e 23 de novembro. Os franceses avançaram ao derrotar a atual bicampeã República Checa neste fim de semana no complexo de Roland Garros, em Paris. O último duelo entre as equipes foi em Prilly, na Suíça, em 2004, com vitória francesa por 3 a 2.

A França definiu o confronto diante da República Checa no sábado ao fazer 3 a 0 com a vitória no jogo de duplas. Assim, os jogos deste domingo tiveram mero caráter amistoso. O checo Jiri Vesely bateu o francês Julien Benneteau (6/4 e 6/3) e o francês Gael Monfils derrotou o checo Lukas Rosol (5/7, 6/4 e 7/5), fechando a série em 4 a 1.

REPESCAGEM - A Bélgica se classificou neste domingo para o Grupo Mundial da Copa Davis de 2015 ao fazer 3 a 1 na série contra a Ucrânia, disputado em Tallin, na Estônia. O terceiro ponto foi garantido por David Goffin, número 46 do mundo, que derrotou Sergyi Stakhovsky, 92º colocado no ranking da ATP, por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/1 e 6/2.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave