Uso da sucata abaixo da média

iG Minas Gerais |

A sucata ferrosa é um importante insumo utilizado no processo de fabricação do aço. Atualmente, a participação da sucata na produção de aço bruto no Brasil vem oscilando entre 26% e 28%, abaixo da média mundial, que foi de 45% em 2012, informa o Instituto Nacional das Empresas de Sucata Ferrosa (Inesfa).

O Brasil ainda exporta pouca sucata, segundo o Instituto. O índice alcança 3,5% da sucata processada no país, o que corresponde a apenas 0,2% das exportações mundiais do insumo. Esse volume é muito pequeno em comparação ao ofertado no mercado interno, que se mantém abastecido pelos estoques nos pátios das empresas de comércio atacadista. Ou seja, a sucata ferrosa exportada hoje é basicamente aquela não adquirida pelas usinas brasileiras.

Cotação alta. No exterior a sucata é tratada como commodity, com cotação internacional, e tem valores de 30% a 40% mais altos que no Brasil. “Embora forte, o mercado externo é uma opção a mais para os comerciantes de sucata brasileiros. O foco deles é o mercado interno, que ainda é grande. O limite é a demanda. Os impostos diminuem a competitividade desse material e a desoneração é uma bandeira de luta da indústria. Temos espaço para crescer”, analisa o diretor de relações institucionais do Inesfa, Leonardo Palhares. (JH)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave