Quarto dia de buscas por operário termina sem novidade em Itabirito

Trabalho dos militares do Corpo de Bombeiros e de cães farejadores da raça labrador foi encerrado por volta de 19h deste sábado (13) e devem ser retomados na manhã de domingo (14)

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Cães farejadores auxiliaram as buscas pelo operário
DIVULGAÇÃO / BOMBEIROS
Cães farejadores auxiliaram as buscas pelo operário

O quarto dia de buscas pelo operador de retroescavadeira Adilson Aparecido Batista, de 44 anos, que ficou soterrado com o rompimento de uma barragem da Herculano Mineração, na quarta-feira (10), e Itabirito, na região Central do Estado, junto com outros cinco funcionários da empresa terminou sem novidades. Os cães farejadores da raça labrador de Uberaba que trabalharam nas buscas realizadas neste sábado (13), também, não foram suficientes para conseguiram encontrar a localização do operário.

Conforme informações da unidade do Corpo de Bombeiros de Itabirito, cidade da região Central do Estado, aproximadamente 20 militares de unidades dos bombeiros da cidades de Ouro Preto e Belo Horizonte trabalharam ao longo no dia no local do acidente.

As buscas foram encerradas por volta de 19h deste sábado e serão retomadas por volta de 8 deste domingo (14).

Acidente

Segundo o Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu por causa do rompimento de uma barragem, que estava desativada e onde era depositado o resto de lavagem do minério. Uma grande quantidade de rejeitos atingiu os operários e seus veículos - três caminhões, um Uno e duas retroescavadeiras. No momento do acidente, os funcionários faziam manutenção no local. Além dos quatro soterrados, dois operários conseguiram sair sem ferimentos.

Os mortos são o topógrafo Reinaldo da Costa Melo, 69, e o operário Cristiano Fernandes Silva, 32. Geraldo Moreira, 42, recebeu alto do Hospital João XXIII na tarde dessa quarta-feira (10). 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave