Homem é preso ao pedir para funcionário escavar área de preservação

Polícia Militar de Meio Ambiente informou que aproximadamente 73 m² da área foi destruída pela ação da empreiteira

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Um homem de 52 anos, responsável por uma empreiteira, foi preso em flagrante neste sábado (13), em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, por ter solicitado que um operador de retroescavadeira escavasse uma área de Preservação Permanente (APP) sem autorização necessária.

Conforme informações da Polícia Militar de Meio Ambiente, durante patrulhamento a guarnição flagrou uma perfuração às margens da BR-040. Ficou constatado que aproximadamente 73 m² da área foi destruída pela ação da empreiteira.

Durante abordagem, o operador informou à polícia que estava cumprindo ordens do responsável pela obra, que trabalha em um conjunto habitacional próximo ao local.

O responsável foi abordado e informou aos militares que havia pedido o funcionário realizar uma raspagem no solo, com objetivo de limpar a área, e não para escavar o local. No entanto, a polícia prendeu o suspeito e o flagrante foi ratificado pelo Delegado de Plantão de Polícia Civil do município.

“Ele foi preso em flagrante delito por cometer um crime contra o meio ambiente, foi multado em R$ R$ 1.310,21 e ficará detido a disposição da justiça”, encerrou o sargento Eduardo Venâncio, que ficou responsável pela ocorrência.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave