Presos fazem refém em rebelião no Paraná

Segundo informações da Polícia Militar, motim começou por volta das 16h de sexta, com a participação de cerca de 300 presos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um agente é mantido refém na penitenciária de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, desde sexta-feira (12) à tarde, quando começou uma rebelião em um dos blocos da unidade.

Outro agente, que também era refém, foi liberado no começo da tarde deste sábado (13) após um acordo para a transferência de um grupo de presos.

Segundo informações da Polícia Militar, a rebelião começou por volta das 16h de sexta, com a participação de cerca de 300 presos.

Eles pedem a transferência para outros presídios, o benefício do sistema semiaberto e agilização nos alvarás de soltura. Além dos agentes, presos de celas especiais também foram feitos reféns pelos rebelados. São detentos que ficam numa ala isolada porque cometeram crimes como estupro e são ameaçados pelos demais presos.

Uma funcionária da penitenciária que não quis se identificar disse que os rebelados quebraram a ala onde ficam as celas isoladas. Juízes e representantes do governo estadual negociam na tarde deste sábado (13) o fim do motim.

A penitenciária é de segurança máxima e tem dois presídios. A unidade onde ocorre a rebelião é a chamada P2.

Em agosto, uma rebelião deixou cinco presos mortos na penitenciária de Cascavel, na região oeste do Paraná. O presídio foi parcialmente destruído, e 800 presos tiveram de ser transferidos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave